A Paraíba o tempo todo  |

Opinião: Cícero repassa ao Hospital Laureano emendas impositivas. Bom para nós, pacientes

Melhor destinação não poderia ser dada às emendas impositivas de vereadores pessoenses para contemplar o Hospital Napoleão Laureano, uma instituição cuja história e relevância dos serviços prestados à Paraíba dispensam comentários.

Sou paciente do Hospital Laureano há cerda de três anos; agora, em estado de observação após um tratamento rigoroso que fiz sob os cuidado dos competentíssimos médicos Porfírio Fernandes e Christiane Marinho.

Ninguém melhor que o paciente para dar testemunho sobre um hospital, porque é sobre ele que recai o resultado de todos os esforços envidados para o atendimento aos necessitados.
Como paciente posso afirmar, sem medo de atirar no pé: todo recurso canalizado para o Hospital Napoleão Laureano é pouco, se comparado com o serviço ali prestado, de primeiríssima qualidade, sobretudo à sua grande demanda: dependentes do SUS (Sistema Único de Saúde), assim como eu.

O Laureano atende a gente procedente de todos os municípios da Paraíba. Diariamente ali chegam verdadeiras caravanas do interior do Estado com portadores de câncer, sem jamais haver recusa de atendimento, venha de onde vier, e independente do estágio da doença.
O Laureano é aquele tipo de último recurso de que dispõe o paciente desprovido de plano de saúde ou de condições para se deslocar para outras regiões do país.

Para mim foi, literalmente, uma tábua de salvação. Como, certamente, tem sido para os milhares de paraibanos que dele dependem.

As emendas
Pois bem: nesta quarta-feira (24) o Hospital Laureano, em João Pessoa, foi contemplado com emendas impositivas apresentadas na legislatura passada por vários parlamentares. No total, mais de R$ 1,6 milhão destinados por 15 vereadores beneficiam a unidade.

A propósito, o prefeito Cícero Lucena comentou: “Estamos fazendo a efetivação desde pagamento pela primeira vez na história da Prefeitura e sem discriminar vereadores da oposição, vereadores que não se reelegeram ou que não disputaram”. O prefeito de João Pessoa participou da solenidade de entrega das emendas.

TCE e prefeitos
O Tribunal de Contas do Estado está atento às contratações de prestadores de serviços.
A começar pelo município de João Pessoa. Tanto que o presidente do TCE, Fernando Catão, se reuniu com o prefeito Cícero Lucena e secretários para discutir a questão.

O objetivo do encontro foi para tratar do pacto de adequação que será assinado entre a prefeitura Municipal de João Pessoa e o TCE-PB sobre os prestadores de serviços do município.

De acordo com o último levantamento do Tribunal de Contas do Estado aponta que a Prefeitura de João Pessoa tem 18.347 temporários contratados “por excepcional interesse público”.

Livro e pandemia

A editora Livro na Estante acaba de lançar o livro de sua autoria intitulado “21 reflexões sobre o mundo pós-pandemia”. O livro tem o prefácio da Monja Coen, e trata de educação, saúde, arte, gestão e negócios e tecnologia, transitando pelas Relações Humanas, Direito e Comunicação, elementos presentes em nosso cotidiano.

Fazem parte do time os escritores e jornalistas Denise Tremura, Eduardo Geraque, Gabriel Alves e Luiza Pezzotti; Edson Goulart, Rubens Gualdieri e Oscar D’Ambrósio; Paulo Borges (Psiquiatra) e Rodrigo Pinheiro Mota (Cirurgião Plástico); Lucas Atanázio Vetorasso; Marília Cardoso e Rafael Parente.

PUBLICIDADE

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe