A Paraíba o tempo todo  |

Opinião: Azevêdo e Tião Gomes “salvam” Bruxaxá e geram mão de obra qualificada

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Clima ameno, casarões coloridos e seculares. Belíssimo calçamento irregular e histórico, o município de Areia é roteiro obrigatório para os amantes do turismo histórico, cultural e ecológico. Ou os que buscam a tranquilidade serrana.

A história de Areia remonta ao século XVII, uma vez que já se ouvia falar o nome da localidade como “Sertão do Bruxaxá” – terra onde canta a cigarra. “Bruxaxá” é uma alusão à tribo de nome homônimo, ligada à etnia Cariri.

Ali passavam viajantes – tropeiros- procedentes do Sertão paraibano e pernambucano, que recebiam suporte e hospedaria dos nativos e de um colono português, para de lá ir em direção ao litoral e outras plagas. E nessas idas e vindas surgiu o povoado.

No início era ligado a Monte-Mor (atual Mamanguape), sendo elevada à categoria de vila com a denominação de Brejo d`Areia, em 1815. Em 1846 foi elevada à condição de cidade e sede municipal com o nome de Areia. E nessa rica história vários pontos turísticos lá existem, e um deles, que já foi ícone da hotelaria da Paraíba, recebe o nome de Hotel Bruxaxá, construído na década de 80, mas que entrou em colapso financeiro até seu completo fechamento em 2005.

João Azevêdo aceita proposta de Tião Gomes e o Bruxaxá se tornará Hotel Escola

O governador João Azevêdo (Cidadania) encampou a luta do deputado Tião Gomes (Avante) que há quase 20 anos luta pela reabertura Bruxaxá. Agora o espaço se tornará Hotel Escola, oferecendo oportunidade de qualificação para jovens e adultos, havendo um forte reforço à hotelaria não só de Areia, mas do Brejo e, claro, toda a Paraíba, uma vez será parido, ali, mão de obra qualificada.

A partir da próxima segunda-feira (25) estarão abertas as matrículas para a nova Escola de Práticas Profissionais da Rede Estadual de Ensino, no Hotel Bruxaxá. São 40 vagas em dois cursos técnicos em Hotelaria: ‘Serviço de Restaurante e Bar’ e ‘Técnico em Hospedagem’, para estudantes que vão cursar a 1ª série do Ensino Médio em 2021.

O local passará por reforma e ampliação para funcionar como escola. Durante as obras, com previsão de término para dezembro, os alunos matriculados irão estudar na Escola Cidadã Integral Técnica José Ministro de Almeida, também em Areia, que se adequou em parceria com o setor produtivo.

E nesse contexto, não há como deixar de parabenizar João Azevêdo e Tião Gomes pelo implemento, sendo contemplada, de forma direta, a própria cidade de Areia e seus habitantes. Ações como essa devem e podem ser executadas em todo a Paraíba. O trade turístico agradece, a economia idem, pois do vendedor ambulante, passando pelas agências de viagem, fornecedores a prestadores de serviço, todos ganham sua cota financeira de maneira honesta.

Eliabe Castor
PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe