A Paraíba o tempo todo  |

Operação da Polícia Federal na Paraíba sequestra imóveis do presidente do TCE-AP

A Polícia Federal na Paraíba deflagrou, na manhã de hoje, uma operação policial para fins de cumprimento de mandados expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça, em decorrência de inquérito instaurado na Paraíba, com base na Lei de Lavagem de Dinheiro (Lei n. º 9.613/1998), cujo crime teria sido cometido, dentre outros, por José Júlio de Miranda Coelho, Conselheiro-Presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amapá, preso na Operação Mãos Limpas, em desfavor de quem já existem indícios de peculato, bem como elementos de prova de ocultação de bens, direitos e valores em cidades diversas, notadamente em João Pessoa.
 
 

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em João Pessoa (PB) e em Brasília (DF), além de mandados de sequestro de imóveis e de ações em Bolsa de Valores.
 
 

Até o presente momento já foram sequestrados 85 imóveis, situados em sua maioria na capital paraibana. Os aluguéis dos imóveis, como proventos indiretos de crime, foram bloqueados e serão depositados, doravante, em conta judicial vinculada ao inquérito.
 

Os valores estimados dos imóveis adquiridos ilicitamente que foram sequestrados superam os R$ 30 milhões.

 

 

Redação com PF

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe