A Polícia Militar lançou, nessa quinta-feira (12), a 4ª edição da Operação Criança Feliz, que tem o objetivo de arrecadar brinquedos para serem distribuídos no Dia das Crianças em comunidades carentes, em todo o estado. Quem quiser participar, deve fazer as doações até o dia 10 de outubro em qualquer Quartel ou Unidade de Polícia Solidária (UPS) da corporação, na Paraíba.

“A participação das pessoas tem um significado muito grande para nós, quando falamos da Operação Criança Feliz, pois o que é arrecadado é distribuído para as crianças de locais que talvez passassem em branco nesta data tão simbólica na infância das pessoas. Mas a Polícia Militar, com a ajuda das pessoas que abraçam essa iniciativa, chega trazendo não só o presente, mas a esperança e a mensagem de que estaremos sempre ali ao lado, levando segurança, carinho e solidariedade”, destacou o comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves.

Desde que foi criada a operação, em 2015, mais de 100 mil crianças já foram beneficiadas com a doação feita pelas pessoas.

Alimentando sonhos – O lançamento da operação, neste ano, foi feito de uma forma especial. Crianças que sonham trabalhar na Polícia foram fardadas até o Quartel do Comando Geral, no Centro de João Pessoa, para prestigiarem o início da operação, que contou com a presença da banda de Música da PM e de um coral formado por alunos do Colégio da Polícia Militar, que tocaram músicas infantis.

No Centro de João Pessoa, os principais pontos de arrecadação são o Quartel do Comando Geral e o 1º Batalhão, em frente à praça Pedro Américo, bem como na Unidade de Polícia Ostensiva (UPO) que fica dentro do Terminal de Integração do Varadouro.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bebê morre após sofrer descarga elétrica, em cidade paraibana

Um bebê de apenas 9 meses morreu na manhã desta sexta-feira, 06, após sofrer uma descargar elétrica na cidade de Caiçara, no Brejo paraibano. Segundo informações policiais um ventilador pode…

Justiça condena PMJP a pagar indenização por negligência em parto

O Município de João Pessoa foi condenado a pagar uma indenização, por danos morais, no valor de R$ 20 mil, em razão da imprudência e negligência de equipe médica do…