Por pbagora.com.br

A Secretaria Executiva do Orçamento Democrático Estadual, em parceria com a Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana, concede nesta quarta-feira (28), em Campina Grande, o Prêmio Ceci Melo de Participação Social – Ano Dilei Aparecida. O Prêmio homenageará mulheres – conselheiras, lideranças e gestoras, e faz parte das comemorações do Dia Internacional da Mulher  (8 de março). A solenidade acontece a partir das 18h, no Centro de Formação de Educadores de Campina Grande, no bairro das Malvinas, e deve reunir mulheres das 14 regiões do Estado.

 

O Prêmio homenageará 14 mulheres conselheiras do Orçamento Democrático, eleitas recentemente para o mandato de dois anos e mais 14 lideranças populares, além da gestora homenageada, a prefeita do município de Conde, Márcia Lucena.

 

O Governo da Paraíba concede, anualmente, dentro das comemorações alusivas ao Dia Internacional da Mulher (8 de março), o Prêmio Ceci Melo de Participação Social, contemplando mulheres que se destacam na atuação pessoal, profissional e política, em prol de uma sociedade mais justa e igualitária.

 

Este prêmio, criado em 2013, homenageia Cezariana Macena de Melo, Ceci Melo, militante feminista, dirigente partidária, ativista do movimento de mulheres, coordenadora do Centro Acorda Mulher, em Bayeux, e pedagoga na Casa Pequeno Davi, em João Pessoa.

 

O Prêmio Ceci Melo de Participação Social está na sua sexta versão, e nesta edição homenageia mais uma grande mulher, Dilei Aparecida, uma militante do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), uma das mais combativas e militante na luta pela terra. Filha de camponeses, catarinense de Joiville, desde muito cedo Dilei encarou os desafios da vida, saindo do conforto da temperatura fria para o sol escaldante do Nordeste. Aqui encontrou em pleno calor o caminho para plantar flores vermelhas na organização do movimento da classe camponesa e dos e das trabalhadoras e trabalhores do campo. Mulher destemida, sem medo algum, germinou o Movimento dos Sem Terra (MST) na Paraíba, sendo hoje referencia nacional. Passou em tempo nas terras de Fidel Castro, em Cuba. Voltou ao Brasil ainda mais aguerrida e continua resistindo até os dias atuais no combate às desigualdades sociais.

 

Márcia Lucena – A professora Márcia Lucena começou a sua carreira como educadora aos 17 anos, quando dava aula para crianças. Na juventude cursou Comunicação Social, na UFPB, mas logo em seguida, deixa o curso e ingressa em outro – Educação Artística, ingressando, posteriormente, no mestrado. Márcia foi convidada para assumir a implementação e a coordenação de um programa novo no Brasil – o Projovem – na versão Original e Projovem Urbano em João Pessoa. Também foi convidada, logo em seguida, a Secretaria Executiva de Estado da Educação e assim, depois, a titularidade da pasta. Márcia Lucena foi ainda presidente da Funesc e hoje é a atual prefeita do município de Conde, eleita com 6.477 votos (49,10% dos votos) – a mais alta diferença de votos da história da cidade

 
 
 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MPT notifica estado para promover concurso na Saúde

O MPT expediu hoje notificação destinada ao Estado da Paraíba para que fosse promovido concurso público para preenchimento das vagas na saúde pública, no prazo de 120 dias, por profissionais…

PB realiza pesquisa inédita no Brasil para avaliar situação do coronavírus no estado

O Governo do Estado da Paraíba realizará um levantamento pioneiro no Brasil para avaliar a situação do estado na pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Entre os dias 3 de novembro…