A seccional paraibana da Ordem dos Advogados do Brasil fez uma “parceria” com uma empresa que vende certificados digitais alegando que quer ajudar advogados que vão iniciar na advocacia. A ideia da Seccional era “presentear”, por meio de doação, o token criptográfico ao novíssimo advogado com a campanha Primeiro Token, no entanto, o novo profissional é obrigado a adquirir o certificado digital em uma determinada empresa.

Os tokens criptográficos (mídia para armazenar o certificado digital) para certificados serão “doados” durante entrega de carteiras da OAB-PB, nesta quinta-feira (28/3). Muitos profissionais reclamaram do presente de grego, pois a OAB-PB não avisou que é obrigatória a compra do certificado digital para “ganhar” o token.

Se não bastasse, o dono da Juristas Certificação Digital que vende certificados digitais para advogados, o profissional Wilson Furtado Roberto, teve seus comentários prontamente apagados. Nos textos, ele informava os preços e condições oferecidos por sua companhia.

“Eu vendo o token com certificado (E-CPF A3 3Anos) para novos advogados por R$ 125, em até seis vezes. Já a empresa apresentada pela OAB-PB, vende o certificado digital, sem token, por R$ 129,00”, disse ao Juristas. “A OAB-PB deveria garantir as melhores condições ao advogado seja novo ou veterano”, complementou.

Em grupos de WhatsApp, muitos advogados criticaram a atitude da OAB/PB de apagar os comentários e não informar corretamente os advogados. Entrevistado pelo Juristas, o advogado Frederico Rego, que atua na Paraíba, contou que campanha não é nova.

Segundo ele, em edições anteriores, o problema era outro. “Ao acionar a empresa, esta sempre dizia que os tokens ‘estavam em falta'”, disse. O advogado afirmou que essa prática é propaganda enganosa. Pois a OAB-PB não pode informar que está dando certificados quando, na verdade, é preciso pagar por eles.

 

Assessoria

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Semob-JP terá força-tarefa nas festas de Iemanjá e Nossa Senhora da Conceição

Fiéis católicos e de matizes africanas terão momentos de devoção durante o fim de semana. Neste domingo (8), eles celebram as datas de adoração a Nossa Senhora da Conceição e…

Justiça condena PMJP a pagar indenização por negligência em parto

O Município de João Pessoa foi condenado a pagar uma indenização, por danos morais, no valor de R$ 20 mil, em razão da imprudência e negligência de equipe médica do…