jornal O Globo (RJ) que “enquanto na maior parte do país a taxa de assassinatos cresce regularmente ou vive numa gangorra, um grupo de estados vem apresentando tendência de queda ao longo dos últimos anos”.

Segue a matéria: “Reforço do policiamento em locais identificados como mais violentos, investimentos em inteligência e integração das polícias, além de ações de longo prazo são algumas das medidas apontadas por especialistas em segurança pública para explicar o sucesso dessas regiões”.

Conforme o jornal, com base em dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e das secretarias estaduais de Segurança Pública, as nove unidades da federação com bom desempenho são as seguintes: Alagoas, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Piauí e São Paulo.

A reportagem salienta que “a sensação de segurança nas ruas também nem sempre é sentida, uma vez que um mesmo estado pode reduzir o número de assassinatos e aumentar a quantidade de crimes patrimoniais, como roubos de residências e assaltos à mão armada”.

Ao tratar especificamente da situação paraibana, o ´Globo´ frisa que em alguns estados foram tomadas medidas que levaram ao aumento da apreensão de armas, como a aprovação de uma lei dando bônus a policiais por isso. Lá também houve, entre outras coisas, um levantamento para saber os tipos de crimes mais cometidos e onde eles ocorriam, o que permitiu concentrar os esforços nessas áreas”.

“Os policiais não são devidamente remunerados como deveriam. Isso (a bonificação) incentiva o ator dessa questão da segurança a ter um trabalho mais eficiente. Esse exemplo da Paraíba é bem elucidativo de que o combate à violência não se resume à repressão. A repressão é importantíssima, mas a prevenção também. O ponto está em gestão administrativa, na inteligência, na valorização da atividade do policial. A partir do momento em que remunera adequadamente um policial, você evita que ele procure complementar sua renda”, comentou Eduardo Araújo Cavalcanti, professor de Direito Processual Penal da UFPB.

Redação com oglobo

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João avisa que não tem intenção de deixar PSB, mas deixa janela aberta

O governador João Azevêdo (PSB) confirmou, em entrevista nesta sexta-feira (20), que continua recebendo o convite de vários partidos que têm se colocado à disposição quando o assunto é a…

Cuité, Bananeiras e Itabaiana encerram ciclos de seminários do PB Rural

Os municípios de Cuité, Bananeiras e Itabaiana encerram, na próxima semana, os Ciclos dos Seminários de Divulgação e Informações do Programa PB Rural Sustentável. Em Cuité, o evento acontecerá no…