Por pbagora.com.br

Um novo decreto com medidas mais restritivas contra a Covid-19 na Paraíba deve ser anunciado nesta terça-feira (9), pelo governador João Azevedo (Cidadania). A expectativa é que o decreto traga medidas mais rigorosas de limitação do funcionamento do comércio e demais segmentos da economia.

As medidas serão anunciadas com base nos números do Plano Novo Normal, que apontou que mais de 200 municípios paraibanos estão com bandeiras amarelas.

O secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, explicou que a previsão de publicação do documento está previsto para sair à tarde. Por enquanto ele descartou um lockdown na Paraíba, que seria o bloqueio total das atividades,

Desde o último domingo que o governador João Azevedo (CIDADANIA, tem se reunido por meio de vídeo conferência com representantes dos Poderes Executivo e Legislativo do estado, além do judiciário para finalizar as medidas com maior grau de intensificação do isolamento social.

A previsão é de que haja a redução do horário de funcionamento e até o fechamento de alguns setores.

Também está certo que o toque de recolher será mantido das 22h às 5h e também foi negociado com alguns setores, como o da construção civil, a mudança de horário de trabalho para equilibrar a circulação de pessoas e evitar aglomeração, principalmente no transporte público.

O serviço público também deverá ser totalmente suspenso para reduzir a mobilidade urbana, sobretudo em João Pessoa e Campina Grande. Com isso, órgãos como o Detran-PB por exemplo, devem ficar com quase todos os seu serviços remotos. Nas atividades essenciais, como por exemplo a polícia civil, haverá redução do expediente nas Delegacias, que funcionarão das 8h às 14h.

“O que nós buscamos e isso tem sido repetidas vezes dito é a proteção à vida e não há uma única forma que não seja através do distanciamento, da redução da mobilidade e da vacina, por isso que o decreto se faz necessário. O decreto terá poucas modificações com certeza. Estamos trabalhando por exemplo para que praticamente o serviço público estadual seja totalmente suspenso ficando somente as atividades essenciais para reduzir mais ainda a mobilidade sobretudo aqui em João Pessoa” detalhou.

Também será prevista uma multa para pessoas que não usarem máscaras, no decreto anterior já havia a previsão, mas para estabelecimentos.

As novas regras estão sendo fechadas através do diálogo com diversos órgãos e poderes, além de prefeitos.

PB Agora

Notícias relacionadas

Quase 80 ruas de CG já receberam melhorias na sinalização só esse ano

Com o objetivo de garantir a segurança viária de pedestres, ciclistas, condutores de veículos em geral e melhorar a mobilidade urbana, a Prefeitura Municipal de Campina Grande, por meio da…

Abril Verde: Câmara adere à campanha pela Segurança do Trabalho

A Câmara Municipal aderiu à campanha Abril Verde, criada para massificar uma nova cultura de redução e eliminação de acidentes no trabalho e doenças ocupacionais. O tema está sendo divulgado…