Em nota emitida nesta terça-feira (19), o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba e a Federação Nacional dos Jornalistas declararam repudiar declarações feitas pelo deputado estadual Wallber Virgolino contra a imprensa.

No texto, as entidades classificaram como “caluniosa e agressiva” as falas do parlamentar. De acordo com a nota, Wallber teria afirmado que “na imprensa paraibana profissionais que desrespeitam a classe por práticas abomináveis, denominando-os, pejorativamente, de ‘banda podre’.”

Na nota, a Fenaj e o Sindicato dos Jornalistas dizem não aceitar “que a categoria seja aviltada e humilhada por quem quer que seja.

Confira nota na íntegra:

NOTA

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba e a Federação Nacional dos Jornalistas repudiam a forma caluniosa e agressiva que o deputado estadual Wallber Virgolino vem dispensando à imprensa da Paraíba, particularmente, aos jornalistas, inclusive em tom de ameaça àqueles que façam críticas ao seu mandato, o que já caracteriza censura e afronta à liberdade de expressão.

Na última declaração que fez, na segunda-feira última (19), o parlamentar acusa que existem na imprensa paraibana profissionais que desrespeitam a classe por práticas abomináveis, denominando-os, pejorativamente, de ‘banda podre’. Em abril de 2019, o parlamentar ameaçou instalar uma CPI contra jornalistas.

Sobre essas graves acusações, as entidades representativas dos jornalistas reiteram a importante função social do jornalismo e a integridade da categoria para desempenhar as suas atividades e colocam à disposição do deputado as Comissões Estadual e Nacional de Ética das duas entidades, a fim de acolher as denúncias, acompanhadas pelos nomes desses jornalistas para as apurações devidas. Caso comprovadas as irregularidades, os responsáveis receberão as penalidades previstas no Código de Ética da nossa profissão.

Porém, enquanto não forem comprovadas as denúncias contra esses profissionais, o Sindicato dos Jornalistas e a Fenaj não poderão aceitar que a categoria seja aviltada e humilhada por quem quer que seja.

O Jornalismo da Paraíba é composto por dignos e valorosos profissionais, seja nas redações dos órgãos de Comunicação privada, seja nas Assessorias de Imprensa dos órgãos públicos, que orgulham nossa categoria, que não merece se ver constantemente maculada.

Portanto, caso V.Ex.ª permaneça só com as acusações vagas e genéricas, sem comprovações, o Sindicato dos Jornalistas poderá entrar com uma representação junto ao Ministério Público.

A DIREÇÃO

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Inmet alerta 105 cidades da Paraíba por acúmulo de chuvas

Nesta segunda-feira (25), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um novo alerta para 105 cidades paraibanas com grau de severidade Perigo Potencial pelo acúmulo de chuvas. O comunicado é válido até…

Covid-19: em dez dias, JP registra mais de mil casos da doença

Os registros diários de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus (Covid-19) ainda continua subindo na Capital paraibana após quase 60 dias de isolamento social. Em dez dias, segundo dados do Governo…