A Paraíba o tempo todo  |

VEJA: Nilvan sugere ter sido censurado na Correio e ameaça deixar programa ao vivo

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O apresentador e presidente estadual do PTB da Paraíba, Nilvan Ferreira, deu uma bronca ao vivo na sua produção, na edição dessa quarta-feira (16) do programa ‘Correio Verdade’. Ele disse que foi interrompido enquanto fazia um comentário sobre os decretos que impõem medidas restritivas na Paraíba e que isso poderia dar a impressão aos telespectadores de que ele estava sendo censurado. Além disso, ele ameaçou deixar o programa caso fosse procedente a censura.

“Esse é o erro de atrapalhar quando eu estou comentando os assuntos, né? Para chamar uma matéria que não está pronta. Aí fica parecendo para o povo lá fora que estão tentando me calar para eu não comentar a história de fechar o comércio. Não fica feio para mim, não, que eu estou fazendo a minha parte. Fica feio para a minha produção aí em cima. E se tiver fazendo isso, eu me retiro e vou para casa porque eu não sou palhaço. Tá bom, Cristina? Eu já avisei três vezes aqui sobre isso”, alertou.

A deputada estadual Cida Ramos (PSB), defensora do feminismo na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), lamentou o episódio de constrangimento à produtora Cristina Cavalcante e afirmou que o comunicador fez apenas o que ele defende nacionalmente [se referindo ao alinhamento dele com o bolsonarismo].

“Mais uma vez, a atitude de desqualificar as mulheres nas diferentes áreas de atuação no Brasil. O machismo e a intolerância estão imperando e a Paraíba está imersa nisso. Só posso lamentar e me solidarizar com a produtora e todas as mulheres que sofrem com isso. Eu mesmo sofro com isso como deputada diariamente. Ele [Nilvan] reproduz apenas o que ele defende nacionalmente”, criticou.

Em contato com a redação do PB Agora, a produtora citada por Nilvan, Cristina Cavalcante, agradeceu ao espaço, mas não quis se posicionar sobre o assunto.

Confira:

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe