Por pbagora.com.br
Foto: Assessoria

O procurador-geral da Paraíba, Fábio Andrade, confirmou o posicionamento do governador João Azevêdo (Cidadania) de não incluir entre os serviços essenciais no estado as atividades realizadas por salões de beleza, barbearias e academias, como proposto pelo presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com Fábio, as regras que continuam valendo em todo o estado são as estipuladas pelo governador João Azevêdo no decreto que está em vigência até o dia 18 de maio.

“Nada de alterará na Paraíba em razão desse decreto. Aqui continuam valendo as regras do decreto que está me vigor até o dia 18 de maio” corroborou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Dia do Servidor Público: veja repartições públicas da Paraíba que fecham nesta 4ª

O feriado do Dia do Servidor Público é comemorado no dia 28 de outubro, mas será transferido, em alguns órgãos públicos da Paraíba, para a sexta-feira (30). Confira a lista…

MPPB recomenda que Município de Catingueira suspenda concurso público

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) recomendou ao prefeito do município de Catingueira, Odir Pereira Borges Filho, a suspensão, no prazo de 48 horas, do concurso público regido pelo edital…