A Paraíba o tempo todo  |

Mulher morre em Hospital de Sapé e família aponta negligência

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Após uma mulher morrer no Hospital Municipal Sá Andrade de Sapé, sem conseguir ser transferida para o Hospital Universitário de João Pessoa, a unidade de saúde do interior da Paraíba emitiu nota onde negou que não teria dado assistência à vítima.

Porém, de acordo com a família Naiana Kelly deu entrada no hospital no dia 1º de março sentindo muitas dores e foi solicitado pelo médico plantonista, ainda no dia 1º , uma vaga em hospital de referência na Capital. Contudo, apenas no dia 2 de março foi disponibilizada uma vaga no Hospital Universitário Lauro Wanderley, minutos após Naiana ter morrido.

A mãe da vítima afirma que o Hospital Universitário mandou fazer a regulação, que, segundo ela, não foi feita com rapidez no Hospital de Sapé.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      6
      Compartilhe