Na noite desta quarta-feira (13), uma mulher, de 44 anos, foi espancada por um homem,no município de Lagoa Seca, no Agreste paraibano. De acordo com a vítima, o agressor teria encontrado uma troca de mensagens entre ela e sua esposa, na qual ela estaria “incentivando-a” a deixá-lo.

Ainda segundo relato da vítima, o homem teria planejado o ataque e avisado ao seu irmão que iria matá-la. Em depoimento, a mulher declarou que notou o agressor passando por várias vezes no local onde ela trabalha horas antes da agressão. Segundo ela, ele estaria esperando que ela deixasse o local para atacá-la.

A noite, quando ela pegou um mototaxi, o homem teria fechado o condutor da moto com um carro e iniciado as agressões. Foram socos e chutes que só cessaram quando a vítima conseguiu subir novamente na moto e fugir do local. Ela acrescentou que chegou a ser perseguida pelo homem. A mulher acredita que o homem estaria disposto a matá-la.

As agressões teriam sido motivadas após o suspeito encontrar uma conversa em um aplicativo de mensagens entre ela e a companheira dele. Entre as mensagens estariam relatos de que a esposa do agressor expressava desejo de deixá-lo e a vítima a teria encorajado.

Ao tomar conhecimento das agressões, segundo a vítima, a esposa do homem teria ligado pra ela e confirmado que o homem teve acesso a conversa.

Segundo a polícia, o autor das agressões ainda não foi encontrado.
PB Agora
Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Líder da oposição na ALPB rejeita composição com RC ou com o PSB

Apesar do racha na base governista com o anúncio da desfiliação do governador João Azevêdo dos quadros do PSB, o líder da oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba, Raniery Paulino…

Em Campina Grande: Vila do Artesão inicia mês natalino com muito forró

Ao som de muito forró a Vila do Artesão abriu oficialmente neste sábado (07) a programação festiva do mês de dezembro. Registrando uma intensa movimentação, o Projeto Forró na Vila,…