O Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB) lançará, nesta quarta-feira (dia 11), às 10h, no Hiper Bom Preço da BR-230, uma campanha estadual para incentivar o uso de sacolas retornáveis e desestimular o uso abusivo de sacolas plásticas, em todo o Estado.

Para o promotor de Justiça e coordenador do 1o Centro de Apoio Operacional às Promotorias (Caop), Hamilton de Souza Neves Filho, a campanha é importante para minimizar os efeitos nocivos provocados pelo uso abusivo das sacolas plásticas na natureza. “Cada sacola leva, em média, 150 anos para se
decompor e o resíduo dessa decomposição é altamente tóxico e prejudicial ao meio ambiente. Há estudos que revelam que, cada um de nós utiliza, em média,
800 sacolas plásticas por ano”, argumentou.

Segundo o promotor de Justiça, cada vez que uma pessoa deixar de utilizar uma sacola plástica no supermercado, ela receberá um bônus de R$ 0,03. “Inicialmente, a campanha acontecerá na rede Bom Preço, mas a expectativa é que os demais supermercados venham a aderir à proposta”,
disse.

Foram convidados para participar do evento promotores de Justiça que atuam nas Promotorias do Consumidor e do Meio Ambiente nos municípios de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Cajazeiras e Sousa e autoridades que representam a Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), o
Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a Vigilância Sanitária de João Pessoa, a Agência Estadual de Vigilância Sanitária e os Procons Estadual e do município de João Pessoa.

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Veneziano reforça apoio ao Governo João, mas pondera sobre deixar PSB

Independentemente do partido a que estiver filiado, o senador Veneziano Vital, do PSB, permanecerá integrando a base que dá sustentação ao Governo João Azevêdo no Congresso Nacional. A afirmação foi…

Projeto do MPPB já atendeu 58 vítimas de alienação parental, em CG

Mais de 50 crianças e adolescentes vítimas de alienação parental e/ou abandono afetivo, devido ao processo de separação dos pais, já foram atendidos pelo ‘Projeto Presente’, na Promotoria de Justiça…