Por pbagora.com.br

O resultado da ação realizada pela Polícia Civil e pelas Agências de Vigilância Sanitária do Estado e do Município, com a iniciativa do Ministério Público Estadual foi a apreensão de 10 mil carteiras de cigarro que estavam sendo comercializadas sem registro nas áreas do Mercado Central, do Bairro dos Estados e no Terminal de Integração em João Pessoa. A ação segue durante a tarde em outros mercados públicos da cidade.

A suspeita é de que os cigarros comercializados nesses locais sejam provenientes no Paraguai. A ação ocorreu na manhã desta sexta-feira, dia 25, e após a apreensão de centenas de pacotes de várias marcas sem registro, o promotor do Consumidor, Glauberto Bezerra, informou que deve convocar os comerciantes para serem ouvidos a fim de descobrir os responsáveis pela distribuição do comércio ilegal.

A operação vai prosseguir durante o restante do dia em vários pontos da cidade. A ação contou com a participação de agentes da Polícia Civil, e das Agências de Vigilância Sanitária do Estado e do Município.
 

Da Redação

Notícias relacionadas

João entrega novo ginásio paradesportivo do Instituto dos Cegos

O governador João Azevêdo entrega, nesta segunda-feira (17), às 10h, o Ginásio Paradesportivo do Instituto dos Cegos da Paraíba Adalgisa Cunha (ICPAC), que foi construído pelo Governo do Estado por…

Programa Empreender PB abre inscrições e realiza assinaturas de contratos

O Programa Empreender PB realiza, nesta semana, inscrições para concessões de crédito e assinaturas de contratos em domicílio. As inscrições terão início a partir das 8h, na próxima quinta-feira (20),…