Por pbagora.com.br

Dos 117 postos de combustíveis existentes em João Pessoa, cerca de 55% já voltou a vender combustível para os clientes sem grandes filas. Mas alguns só estão vendendo gasolina e os demais já estão vendendo os três produtos (gasolina, etanol e diesel). Porém, uma pequena parcela ainda permanece fechada por não ter recebido nenhum combustível. “Pelo menos as longas filas já não existem mais”, comemorou o motorista de táxi, Roberto Peixoto.

 

O gerente de um dos postos da cidade Josué dos Santos, afirmou que a situação nos postos de combustíveis já vinha se normalizando desde terça-feira passada e hoje deve voltar a normalidade. Ele também denunciou que muitos donos de postos estão se aproveitando da situação para aumentar o preço da gasolina, do etanol e do diesel na bomba, por conta própria. Na maioria dos postos da cidade a gasolina está sendo vendida a (R$ 4,39), e o álcool a (3,29). Mas existem postos a exemplo do Carrefour que a gasolina está sendo vendida por (R$ 4,07) e o álcool por (R$ 2,97).

 

De acordo com o Procon-JP, os postos que forem pegos praticando algum tipo de irregularidade pela fiscalização podem sofrer multas que chegam a R$ 30 mil por infração, em cada estabelecimento, além da suspensão das atividades comerciais. O secretário do órgão, Helton Renê, afirmou que a equipe está na rua diuturnamente para verificar se há ocorrências de irregularidades.

 

O presidente do Sindicato dos Condutores e Empregados em Empresas de Transporte de Combustíveis Produtos Perigosos e Derivados de Petróleo no Estado da Paraíba (Sindconpetro- PB), Emerson Galdino, afirmou que depois de alguns dias funcionando apenas com 30% da sua capacidade de expedição devido ao movimento dos caminhoneiros, os quatro terminais de combustíveis localizados no complexo portuário do Porto de Cabedelo já operam dentro da normalidade.

 

Redação

Notícias relacionadas

Vereador de JP deve responder nas esferas criminal e cível por funcionamento de academia durante decreto

O Ministério Público da Paraíba está atuando para a imputação penal e civil dos responsáveis, dentre eles um vereador de João Pessoa, por uma academia de jiu-jitsu de João Pessoa…

Cantor e compositor paraibano Cassiano morre aos 77 anos no Rio de Janeiro

O cantor e compositor paraibano Genival Cassiano dos Santos, o Cassiano, morreu nesta sexta-feira (7) aos 77 anos no Rio. Ele estava internado desde o fim do mês passado no Hospital Estadual…