Por pbagora.com.br

Na manhã desta quinta-feira (08), logo após o anúncio de que os salários dos funcionários do transporte coletivo de João Pessoa seria feito de forma parcelada, os motoristas de ônibus de João Pessoa resolveram protestar contra a decisão.

A paralisação ocorreu em pelo menos dois terminais: o do Valparaíso e o do Bessa.

Apesar do protesto, o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de João Pessoa (Sintur-JP) garantiu que a circulação não foi prejudicada.

O protesto não durou muito, tendo sido rapidamente encerrado.

PB Agora

Notícias relacionadas

TCE mantém rescisão de contratos do lixo e PMJP terá 180 dias para nova licitação

A Prefeitura de João Pessoa terá um prazo de 180 dias para realizar uma nova licitação visando a contratação de empresas especializadas na coleta de lixo e limpeza urbana. Os…

PSB, PV, PT, PSOL, PCdoB e UP deixam diferenças de lado e criam bloco para fortalecer oposição a Bolsonaro na PB

Os partidos PCdoB, PT, PSOL, PSB, PV e UP formaram um bloco chamado ‘Unidade Democrática pela Paraíba’ para reforçar o posicionamento de oposição ao governo Bolsonaro no estado. Da aliança,…