A Paraíba o tempo todo  |
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Ministro Gilmar Mendes determina a retirada da tornozeleira eletrônica de RC

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Nesta quarta-feira (05), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, determinou que o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) retire a tornozeleira eletrônica que ele utiliza desde fevereiro deste ano.

De acordo com a decisão do ministro, Ricardo Coutinho deve ficar sem o equipamento até o julgamento do habeas corpus impetrado pela defesa.

Os advogados de Ricardo alegam que a tornozeleira usada pelo ex-governador vem apresentando defeitos que fazem com que ele precise estar constantemente saindo para realizar os reparos e, com isso, se expondo ao novo coronavírus.

O pedido para que Ricardo ficasse sem o acessório de segurança já havia sido negado duas vezes pelos ministros Dias Toffoli e Luiz Fux.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      22
      Compartilhe