Por pbagora.com.br

Apesar das chuvas que caem em toda Paraíba e tem enchido rios e açudes, o Governo do Estado decretou no último dia 02, por 180 dias, um estado de emergência para 155 cidades afestadas por estiagens do ano passado.  Ao analisar essa situação o o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (InMet), Flaviano Fernandes, deu bosas perspectivas para os paraibanos que estão nestas cidades em situação de emergência.

 

“O período chuvoso na região Semiárida da Paraíba vai até maio e a previsão é de que essas chuvas mais recorrentes devem continuar neste mês. Então, quem plantou mais cedo, entre janeiro e fevereiro, vai ter uma colheita melhor”, Fernandes.

 

 As recentes chuvas que cairam no Sertão como a de Patos, aumentou a capacidade dos açudes Farinha e Jatobá I que estão com mais de 20% da capacidade total.

 

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Paraibano inicia mês de dezembro com conta de luz mais cara

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu, em reunião extraordinária realizada nesta segunda-feira (30), que haverá cobrança extra na conta de luz dos consumidores a partir desta…

Após Maranhão, senador Ney Suassuna também testa positivo para Covid-19

Mais um senador paraibano testou positivo para a Covid-19. Após o senador Maranhão, do MDB, quem também foi acometido pela doença foi o senador em exercício, Ney Suassuna (Republicanos). Ele…