Por pbagora.com.br

As precipitações chuvosas que vem caindo na Paraíba, tem uma explicação e segundo a meteorologista da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), Marle Bandeira, as chivas não estão dentro da média para este período do ano.

“O período de chuvas é de fevereiro a maio [na parte oeste do estado], portanto, é normal que as regiões do Cariri e Sertão recebam água”, comentou Marle destacando também que a tendência é de que as chuvas ocorram dentro da média histórica no semiárido paraibano.

O reservatório Epitácio Pessoa, localizado na cidade de Boqueirão, no Carri da Paraíba, ganhou 17 milhões de metros cúbicos de água (m³) entre os dias 8 e 14 de janeiro de 2020, conforme dados da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa).

No dia 8, o reservatório estava com 14,72% do volume total, o equivalente a 70 milhões de metros cúbicos. Após as chuvas nas regiões do Cariri e Sertão do estado, até ontem dia 14, o açude chegou a 18,85% do volume total, com 87 milhões de metros cúbicos e uma alta de 4,13 pontos percentuais.

 

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em Live: Ruy apresenta projeto inovador para a saúde de João Pessoa

“A criação do Centro de Especialidades Médicas, em cada distrito sanitário, irá oferecer ao cidadão pessoense uma maior agilidade no diagnóstico, como também ofertar uma contrarreferência da rede especializada mais…

Sine de CG registra redução na procura pelo Seguro-Desemprego

A pandemia do novo coronavírus fez com que diversos setores da economia tivessem se alterado para permanecerem ativos no mercado. No entanto, milhares de postos de serviços foram fechados em…