Por pbagora.com.br

Morreu nesta terça-feira (13) a mãe do jornalista Paulo de Pádua, servidor da Câmara Municipal de João Pessoa. Daura Camelo de Vasconcelos, de 98 anos, faleceu dormindo, no início da tarde. Ela testou positivo para a Covid-19 recentemente e a doença agravou outros problemas de saúde pré-existentes.

O falecimento causou tristeza entre familiares e amigos. O presidente da Câmara de João Pessoa, Dinho Dowsley, manifestou pesar pela morte da mãe do jornalista. “Vivemos um tempo de muita gravidade. Temos visto no dia a dia a partida de muitas pessoas queridas, que deixam saudade nos seus familiares e amigos. Em nome da Câmara, toda a minha solidariedade a Paulo de Pádua e à sua família”, disse.

Vários outros vereadores manifestaram pesar, também, pela morte da mãe do funcionário, conhecido pela dedicação ao trabalho na Câmara. Daura foi vendedora, costureira e uma mãe zelosa, tendo sido casada com o militar e funcionário público aposentado Antonio de Pádua Melo, também já falecido. O sepultamento ocorreu ainda na terça-feira, em decorrência do diagnóstico de Covid-19. Por conta disso, também, não houve velório.

Além de Paulo de Pádua, Daura deixou três filhas. São as médicas Sylda, Gilma e Nilma de Pádua Vasconcelos.

 

Da Redação com Assessoria

Notícias relacionadas

Empreendedores do Centro Comercial do Varadouro recebem capacitação

Comerciantes que trabalham no Centro de Comércio e Serviços do Varadouro participaram de uma capacitação que integra a programação da Semana do Microempreendedor Individual (MEI). A iniciativa foi promovida nesta…

Acusado de homicídio e estupro é detido no litoral norte da PB

A Polícia Militar prendeu um foragido do sistema prisional que responde pelos crimes de homicídio e estupro. A prisão do acusado, que tem 30 anos, foi realizada nesta terça-feira (11),…