Com 101 vítimas por Covid-19 em João Pessoa, o prefeito Luciano Cartaxo decretou, nesta quinta-feira (28), luto oficial por três dias em memória daqueles que perderam a vida para o novo coronavírus. “É um momento difícil na história da nossa cidade. Mais do que números, temos trajetória de pessoas interrompidas pela pandemia. O luto oficial é um sinal de respeito e reverência às vítimas, seus familiares e amigos”, disse o gestor. A medida é tomada sem prejuízo às atividades municipais.

A capital paraibana tem mais de 3.200 casos confirmados da doença. A taxa de ocupação de leitos na Grande João Pessoa é de 83,2%, de acordo com informações da Central de Regulação. “Enfrentamos o período de maior disseminação da doença. O total de pessoas que não resistiram ao vírus só reforça a importância do isolamento social, medida mais eficaz para conter a propagação. A nossa luta é contra um inimigo em comum. Precisamos seguir agindo coletivamente para continuar a salvar vidas”, disse o prefeito Luciano Cartaxo.

Panorama – O Brasil registra mais de 25 mil mortes por coronavírus, com 414.661 mil casos confirmados, segundo o Ministério da Saúde. O país é o segundo no mundo em registros, atrás apenas dos Estados Unidos. A Paraíba tem 298 óbitos confirmados e mais de 10 mil confirmações de pessoas com Covid-19. De acordo com dados do Governo do Estado, 185 municípios já possuem ao menos um registro da doença, o equivalente a 82,9% das cidades paraibanas.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Defensoria Pública apoia campanha ‘Sinal vermelho contra a violência doméstica’

A Defensoria Pública do Estado da Paraíba (DPE-PB) apoia a campanha “Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica”, promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Associação dos Magistrados Brasileiros…

Bolsas disponíveis para o Prouni já podem ser consultadas por candidatos

Pesquisa é feita no site do programa   Apesar das inscrições só serem iniciadas na próxima terça-feira (14), candidatos interessados em participar do Programa Universidade para Todos (Prouni) já podem…