Por pbagora.com.br

Quem não é comigo é contra mim. Foi no tom desse provérbio bíblico que o Partido Verde, em João Pessoa, iniciou as articulações para o fechamento da chapa majoritária na disputa pela sucessão municipal. Segundo o presidente da legenda na Capital, Lucélio Cartaxo, a receita é mais do que natural, por isso só permanecerá na gestão aqueles partidos que continuarem com o grupo governista no processo eleitoral deste ano.

“Vão permanecer na gestão aqueles partidos que vão está conosco. Que vai está no processo eleitoral. É natural isso. Ninguém vai está na gestão com partidos que fazem oposição a gente. Tem que ser com partidos que faz aliança conosco. É um processo natural do dia a dia”, esclareceu.

Para ele, a aliança atual não deve sofrer baixas, visto que a gestão apresenta resultados positivos e vem sendo aprovada pela população.
“Se o resultado não tivesse sido bom ninguém iria manter uma aliança. Mas como o resultado foi bom e a população está aprovando a gestão, então a lógica do que está dando certo é continuar. Claro que cada partido tem o direito legitimo de se reunir e tomar suas posições”, emendou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

CG: lei reconhece academias de ginástica e similares como serviço essencial

Nesta quinta-feira (26), o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, publicou no Semanário Municipal, o reconhecimento da atividade das Academias de ginástica, Estúdios de Musculação, de esportes, artes marciais e…

Covid: Saúde de JP diz que não permitirá que bares virem casas de shows

Com o intuito de evitar aglomerações e combater a disseminação do novo coronavírus, a Prefeitura Municipal de João Pessoa disse que não permitirá que bares e restaurantes se transformem em…