Por pbagora.com.br
Prefeita Luciene de Fofinho

Por decisão do juiz eleitoral Euler Paulo de Moura Jansen, a Polícia Federal deverá apurar a distribuição de panfletos apócrifos contra a prefeita e candidata à reeleição Luciene Gomes, mais conhecida como Luciene de Fofinho. Na madrugada de hoje, vários bairros foram tomados pelos impressos que divulgavam que ela teria sido cassada, o que nas palavras do próprio juiz é “uma mentira deslavada”. Euler determinou ainda que a Polícia Militar faça a apreensão do material.

Os advogados de Luciene encaminharam dois vídeos à Justiça nos quais um motociclista aparece atirando panfletos contendo acusações improcedentes contra a prefeita. Na peça, o local apontado é a rua Flávio Maroja, no Jardim São Severino.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid: 11 mortes são registradas nas últimas 24 na Paraíba

Nesta quarta, 02 de dezembro, a Paraíba registrou 734 novos casos de Covid-19 e 11 óbitos confirmados desde a última atualização, 09 deles nas últimas 24h. Até o momento, 146.528…

Morre a segunda vítima de ataques a pauladas e pedradas, em Patos

O ex-bailarino e cozinheiro Antônio Matias Neto, conhecido como “Toinho” de 35 anos não resistiu aos ferimentos e faleceu ontem, terça-feira, 01 de dezembro, menos de 24h após ter sido…