O novo coronavírus chegou no Brasil e na Paraíba trazendo dúvidas e incertezas e cabe aos gestores públicos buscarem formas de deixar a população informada sobre as formas de prevenção, os boletins de atualização dos novos casos e sobretudo sobre as medidas tomadas por estes, que interferem na vida de cada cidadão, para justamente conter o avanço da doença.

Nesta linha de raciocínio o governo da Paraíba anunciou suplementação de R$ 7 milhões na comunicação justamente para manter a população informada de como proceder diante do vírus, não se tratando desta forma, de propaganda. Mas, uma ação popular na Justiça estadual e até estudos do Tribunal de Contas do Estado, contra o serviço de divulgação pela SECOM/PB e o mercado, ameaçam a possibilidade do Governo do Estado de adotar diversas medidas para informar a sociedade paraibana sobre como agir diante da Covid-19.

De acordo com informações do site Wscom, apesar de vetos à comunicação estadual serem examinados, se mantém a regularidade de ato legal produzido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa suplementando sua verba de Comunicação em mais R$ 18.5 milhões. Medida aprovada em fevereiro de 2020 sem nenhuma contestação nem na Justiça, nem no TCE nem na classe política, Todos aceitando o processo legal da PMJP.

Entidades apoiam reforço

No mercado, ainda repercute a Nota divulgada pelas principais entidades da área de Comunicação ( API, AMIDI, ABAP, SINPETRO, Sindicato dos Radialistas da Paraiba) denunciando a grave crise no setor com perspectivas de demissões e fechamento de empresas, por isso apoiam todas as políticas de preservação do emprego e das empresas dai a importância do investimento público na atualidade.

PB Agora com Wscom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Nada está certo ainda”, alerta secretário sobre antecipar parcela do 13º do estado

Diante do cenário atua de crise sanitária e, por consequência, crise também na economia, o Governo Estado já calcula a possibilidade de antecipar, ou não, a parcela do 13º salário…

Prefeito de Cuité de Mamanguape e mais dez são denunciados por integrar Orcrim

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) ingressou com uma denúncia junto ao Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB) contra integrantes de uma organização criminosa (Orcrim) que foi instalada na Prefeitura…