Por pbagora.com.br

O clima voltou a esquentar nas redes sociais entre o deputado federal Julian Lemos (PSL) e o vereador do Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro. O paraibano respondeu a uma publicação do filho do presidente  Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a inauguração de obras do Rio São Francisco, realizada na sexta-feira (26) e tachou o parlamentar de fraude que age como uma “menina chorona”.

Na publicação, Carlos Bolsonaro afirma que seu pai, Jair Bolsonaro, estava sendo alvo de pessoas que desejavam sua morte, durante sua vinda ao Nordeste. A viagem fazia parte da inauguração de obras do Rio São Francisco, que beneficia também a Paraíba.

“Neste momento, no Twitter do presidente, muitas pessoas desejando sua morte durante a inauguração de obras do São Francisco e demais ações em andamento! Gostaria de ver a solidariedade e afinco dos outros poderes em, no mínimo, se solidarizar com o chefe do Executivo Federal”, publicou Carlos.

Lemos não poupou as palavras e classificou Carlos Bolsonaro como uma fraude. Ele ainda desafiou o vereador do Republicanos do Rio de Janeiro a o encarar “mano a mano”, e destacou que a milícia montada na Paraíba e no Brasil “não irá prosperar”.

“Você é uma fraude. Se vitimiza como uma menina chorona que és. Ainda vai me destruir como disse ao seu pai e Bebianno? Você não é homem para me encarar mano a mano. Tiro sua máscara. Sua milíciazinha montada na Paraíba nem no Brasil irá prosperar, não lhe temo, seu covarde, tic, tac!”, afirmou o deputado em resposta.

Confira a publicação:

Redação

Notícias relacionadas

Governo da PB rebate notícia do O Antagonista e nega oferta para comprar prédio do Santa Paula

A Secretaria de Estado de Saúde da Paraíba negou, em nota publicada na noite dessa quinta-feira (7), que o prédio do antigo Hospital Santa Paula esteja à venda. No local,…

MDB quer Nilvan na sigla, mas lutará por apoio à reeleição de João

Ter a permanência do comunicador Nilvan Ferreira nos quadros do MDB e, ao mesmo tempo, lutar para que os correligionários apoiem a reeleição do governador João Azevêdo (Cidadania) nas eleições…