A Paraíba o tempo todo  |

Juiz manda a Nacional Gás Butano entregar 6,3 mil botijões à concorrente

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Uma briga judicial que vem se arrastando desde 2004 se transformou em um impasse ao longo desta segunda-feira (30), em Cabedelo. Por uma decisão do juiz Josival Félix de Oliveira, da 1ª Vara Distrital de Cruz das Armas, em João Pessoa, a Nacional Gás Butano foi condenada a repassar para a empresa JA Comércio de Gás Ltda mais de 6 mil botijões de gás. O valor da mercadoria é superior a R$ 1,3 milhão.

Cumprindo despacho do juiz, o oficial de justiça Fernando Amaral se encontra desde a manhã desta segunda-feira na gerência da Nacional Gás Butano em CAbedelo, mais precisamente no depósito da mercadoria, à rua prefeito Edvaldo S. Miranda, 93. O gerente de base da empresa, Expedito Machado está inflexível: disse que não vai cumprir a ordem expedida pelo juiz e só repassa os botijões (5.817 cheios e 415 vazios) só com autorização da matriz.

O oficial de justiça deu o prazo até às 17h00 para que Expedito Machado cumpra a determinação e autorize o embarque da carga em caminhões enviados pela empresa JA Comércio de Gás Ltda.

Por volta das 17h00, após relutar, o gerente decidiu cumprir a determinação judicial. Os caminhões passaram a ser abastecidos com os botijões. Por conta do grande volume da mercadoria, a conclusão do trabalho ocorrerá nesta terça-feira (31).

 

 

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe