Por pbagora.com.br

Internado desde o dia 4 de abril, após explosão que ocorreu em um prédio no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, um jovem de 20 anos não resistiu aos ferimentos de queimadura e morreu nesse fim de semana no Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena.

Na explosão, duas pessoas morreram na hora e três pessoas foram encaminhadas para o Trauma de João Pessoa, dentre elas Yuri Ítalo, que veio a óbito se tornado a terceira vítima fatal da tragédia.

A suspeita é que a explosão tenha sido provocada por um vazamento de gás de cozinha. Ao chegarem no local e socorrem as vítimas, os bombeiros sentiram o odor característico do gás.

Da Redação

Notícias relacionadas

MP apura superfaturamento em locação de carros em cidades da PB

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) constatou possíveis casos de superfaturamento ocorridos em procedimentos licitatórios ou contratações diretas realizadas em 2020 por 25 municípios paraibanos, referentes ao serviço de locação…

Notas de empenho do Governo Federal atestam que a Paraíba adquiriu testes para Covid com preços de mercado

As compras de testes para Covid-19 feitas pela Secretaria de Saúde do Estado no ano passado, ao contrário do que se informou em alguns blogs de notícias locais, estão rigorosamente…