Em meio a discussão da mini Reforma da Previdência dos servidores, o governador João Azevêdo (PSB) afirmou que não iria “quebrar o Estado simplesmente para fazer demagogia”. A proposta foi encaminhada pelo Governo do Estado para a Assembleia Legislativa da Paraíba na segunda-feira (9).

Em entrevista, João disse que “não há como não aprovar (a reforma). É uma obrigação, se não o Estado fica irregular. É uma questão lógica”. Para o governador, este é um tema que “não se trata de partido político”.

Como forma de adequar a legislação estadual aos novos parâmetros definidos pela reforma apresentada pelo governo federal, ele informou que a reforma já foi feita no Espírito Santo, Maranhão, Bahia e Ceará.

– A discussão da demagogia e da hipocrisia eu não faço, não. Sou governador do Estado e tenho responsabilidade para com esse Estado e para com a população. Não vou quebrar o Estado simplesmente para fazer demagogia – disse.

O governador frisou que a reforma é necessária, e que por isso a defende: “Estou para governar. Não estou para fazer acordo com meia dúzia. Estou aqui para dizer que não serei fantoche de quem quer que seja”.

– Vou continuar governando este Estado e tomando as decisões. Não tenho a preocupação de agradar a todo mundo. Jesus Cristo não agradou todo mundo, imagine eu? Esse Estado vai continuar avançando – finalizou.

No primeiro pronunciamento que fez sobre o projeto de reforma da previdência estadual, o governador deixou de lado a oposição e mirou os seus ex-aliados com palavras duras e recados sem ´meias palavras´.

Ainda João Azevedo: “A discussão da demagogia, da hipocrisia, eu não faço. Eu sou governador e tenho responsabilidade para com este Estado. Eu tenho responsabilidade com toda a população e não vou quebrar este Estado simplesmente para fazer demagogia”.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cajazeiras registra maior índice de chuvas da Paraíba em 2020

A cidade de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, foi o município paraibano onde mais choveu em 2020, com o registro de 1.216 milímetros, segundo levantamento da Agência Executiva de Gestão…

Covid-19: secretário anuncia chegada de testes rápidos à Paraíba

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, anunciou para esta quinta-feira (2), o recebimento dos testes rápidos para a Covid-19. No entanto, Medeiros declarou que haverá uma avaliação visando…