Por pbagora.com.br
Foto: José Marques / Secom

O governador João Azevêdo entregou, nesta sexta-feira (21), data em que a Polícia Civil comemora 39 anos de fundação, as novas instalações do Instituto de Polícia Científica (IPC) de João Pessoa. A nova estrutura recebeu investimentos superiores a R$ 3 milhões e passa a ter um dos laboratórios de balística mais modernos do país e uma nova Central de Custódia de Vestígios, que se torna a primeira do Norte/Nordeste a cumprir a nova legislação recomendada pela Lei anticrime.

Além disso, a Polícia Civil já investiu este ano recursos superiores a R$ 3,7 milhões em insumos, serviços e equipamentos para garantir a qualidade do serviço prestado à população e condições adequadas de trabalho para os servidores.

Foto: José Marques / Secom

Durante a visita técnica às novas instalações do IPC, o chefe do Executivo estadual destacou o compromisso do governo de assegurar investimentos na segurança, fortalecendo as áreas de tecnologia e inteligência. “Nós trabalhamos para garantir melhores condições de trabalho aos servidores e um serviço qualificado à população. Além disso, garantimos a autonomia financeira da instituição, que hoje celebra 39 anos de fundação, o que facilita a operacionalização e a rapidez nas tomadas de decisões e representa o nosso respeito à Polícia Civil e o desejo de que todos trabalhem motivados”, ressaltou.

O secretário de Estado da Segurança e da Defesa Social, Jean Francisco Nunes, evidenciou a importância das ações promovidas pelo Governo do Estado para qualificar o trabalho das forças de segurança. “A Polícia Civil tem tido um reconhecimento extraordinário pelo nosso governador, principalmente, na área técnica, com a entrega do IPC de Cajazeiras e a reforma do IPC de João Pessoa, que é um dos mais modernos do país. Os investimentos continuam muito fortes na segurança, seja em tecnologia, videomonitoramento, Centros de Comando e Controle, perícia e atividade de inteligência, o que representa uma visão diferenciada da gestão, não só investindo no que pode ser visto, mas no que dá eficiência e isso tem resultado na qualidade das investigações”, frisou.

O delegado geral da Polícia Civil, Isaías Gualberto, enalteceu a qualidade do equipamento entregue hoje à instituição. “Estamos de parabéns pelos 39 anos da Polícia Civil de carreira e essa entrega é importante porque passamos a ter um ambiente salubre e digno para os profissionais que trabalham no local e para toda a sociedade”, falou.

“Nós temos agora todos os critérios de conforto, laboral, de instalações e de equipamentos, em que foi feito um grande aporte de investimentos, garantindo tecnologia e agilidade no serviço”, disse o diretor geral do IPC, Marcelo Burity.

As intervenções no IPC consistiram na reforma dos blocos da medicina legal e do bloco dos laboratórios forenses de toxicologia, biologia, química e genética forense. As obras também contemplaram o bloco administrativo, alojamentos, nova estrutura de identificação veicular, CPD e bloco da criminalística, composto por laboratórios de áudio e imagem, papiloscopia, computação forense, documentoscopia, contabilidade forense e balística. O IPC conta com mais de 160 m² de área, assegurando todos os requisitos de conforto laboral e segurança.

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

No dia da árvore, Cícero relembra pioneirismo da sua gestão na defesa do meio ambiente em João Pessoa

Na gestão Cícero, João Pessoa chegou a produzir 50 mil mudas/mês. Por mais surpreendente que possa parecer, a cidade de João Pessoa já teve uma produção mensal de 50 mil…

Petista admite que se colocou à disposição para vice de RC por conta própria

O advogado Antônio Barbosa, ex-presidente do PT, encontrou oportunidade na adversidade e admitiu, durante entrevista nesta segunda-feira (21), que não chegou a receber nenhum convite para ocupar a vice na…