Por pbagora.com.br

O governador João Azevêdo e os demais governadores dos estados do Nordeste, através do Consórcio Nordeste, decidiram consultar o governo da China para tratar da possibilidade de ajuda do país aos estados da região no combate à pandemia de Covid-19.

Liderados pelo  governador da Bahia, Rui Costa (PT), através de carta, os governadores questionam o embaixador chinês no Brasil, Yang Wanming. os gestores consultam o governo chinês a “possibilidade de seu apoio e sua colaboração por meio do envio de materiais médicos, de insumos e de equipamentos que possam ajudar a combater o flagelo que estamos enfrentando.” A China foi primeiro país a constatar a disseminação do vírus.

“Temos necessidade de leitos de UTI e de respiradores, pois as projeções de enfermos indicam que haverá déficit deste equipamento em momento de pico da epidemia”, afirma o texto encaminhado à República Popular da China.

Os governadores do Nordeste elogiam ainda a forma como o povo chinês enfrentou a epidemia.

 

Redação
com informações do Uol

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Leis aprovadas na ALPB asseguram benefícios e incentivam doadores de sangue

A engenheira de produção, Leila Viana, nunca passou pela angústia de necessitar de sangue e não ter disponível no Hemocentro. Também não conhece ninguém que passou por essa situação. Mas,…

Pedido de aposentadoria de Arthur Cunha Lima é suspenso por ministro do STJ

O pedido de aposentadoria do conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) Arthur Cunha Lima foi suspenso por ministro do O Superior Tribunal de Justiça (STJ). A decisão,…