O governador João Azevêdo e os demais governadores dos estados do Nordeste, através do Consórcio Nordeste, decidiram consultar o governo da China para tratar da possibilidade de ajuda do país aos estados da região no combate à pandemia de Covid-19.

Liderados pelo  governador da Bahia, Rui Costa (PT), através de carta, os governadores questionam o embaixador chinês no Brasil, Yang Wanming. os gestores consultam o governo chinês a “possibilidade de seu apoio e sua colaboração por meio do envio de materiais médicos, de insumos e de equipamentos que possam ajudar a combater o flagelo que estamos enfrentando.” A China foi primeiro país a constatar a disseminação do vírus.

“Temos necessidade de leitos de UTI e de respiradores, pois as projeções de enfermos indicam que haverá déficit deste equipamento em momento de pico da epidemia”, afirma o texto encaminhado à República Popular da China.

Os governadores do Nordeste elogiam ainda a forma como o povo chinês enfrentou a epidemia.

 

Redação
com informações do Uol

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Segunda morte por covid-19 é confirmada na Paraíba

Uma mulher de 86 anos foi a segunda vítima fatal da covid-19 na Paraíba. Ela faleceu no início da manhã deste sábado (04) no momento em que era transferida da…

João mantém suspensão de expediente presencial nas repartições públicas

O governador João Azevêdo prorrogou a suspensão do expediente nas repartições públicas estaduais até o dia 19 de abril. O decreto 40.168 foi publicado na edição deste sábado (4) do…