João Azevêdo assina promoções, entrega ônibus e presta homenagens à Polícia Civil 

O governador João Azevêdo assinou, nesta segunda-feira (29), a promoção de 791 policiais civis e entregou medalhas de honra por relevantes serviços prestados e por atos de bravura a policiais que se destacaram em suas funções. Durante a solenidade ocorrida na Academia de Polícia Civil da Paraíba (Acadepol), que marcou a abertura da Semana Nacional do Policial Civil, o chefe do Executivo estadual também fez a entrega de um ônibus equipado que atenderá o projeto Criança Cidadã – uma iniciativa da corporação que atende 300 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. A vice-governadora Lígia Feliciano, deputados estaduais e auxiliares da gestão estadual prestigiaram o evento.

Na ocasião, João Azevêdo reforçou o compromisso da gestão com a Segurança e ressaltou que o investimento do Estado em homens e mulheres da área tem proporcionado resultados importantes em nível nacional. “Qualquer política pública que seja implementada tem que ter o olhar na estrutura física e pessoal. Participar de um ato tão importante como esse nos dá a certeza de que estamos no caminho certo na política da segurança pública. O Estado tem reduzido, ano a ano, os crimes de CVLIs, uma marca extremamente importante e que atrai a atenção de muita gente; o que homens e mulheres que integram as forças de Segurança realizam é um bem extraordinário à Paraíba”, observou.

Ele aproveitou a oportunidade para assegurar a convocação, no segundo semestre deste ano, dos 500 aprovados no concurso público da Polícia Militar e anunciou que o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) dos agentes penitenciários será concluído nos próximos dias. Ele também afirmou que o Governo do Estado estuda a reorganização da estrutura administrativa da Polícia Civil. “Essas são ações de reconhecimento por parte do Governo com os que compõem as forças de segurança e é uma obrigação do Estado que terá da minha parte um compromisso sempre constante”, garantiu.

O gestor ainda salientou o empenho da administração estadual na política de valorização do servidor. “Nós vivemos um momento ímpar na Paraíba por termos um Estado ajustado, com uma gestão fiscal e de pessoal correta e em dia com as suas obrigações. Ações, como a maior solenidade de promoções de policiais civis da história da Paraíba, demonstram que continuamos firmes e fortes com respeito ao servidor público”, completou.

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Jean Francisco Nunes, lembrou que o Governo do Estado já investiu mais de R$ 40 milhões na área nos primeiros quatro meses de gestão e tem mantido o compromisso de garantir o bem-estar do policial. “Essa é a demonstração de que temos a preocupação de continuar cuidando do ser humano e vamos intensificar capacitações e outras melhorias que serão implementadas em breve com o objetivo de motivar, cada vez mais, a categoria porque a tropa motivada tem feito a diferença na Paraíba”, frisou.

O delegado geral da Polícia Civil, Isaías Gualberto, disse que a solenidade de hoje prestigia a corporação que tem prestado um serviço qualificado à população. “O policial tem o ânimo renovado com a assinatura da promoção histórica e dou a certeza de que não nos cansaremos de nossa missão que está sendo cada vez mais valorizada e reconhecida pela sociedade”, avaliou.

O perito oficial criminal Rulian Fernandes falou da honra de ser homenageado com a ‘Medalha Governador Tarcísio de Miranda Burity’, comenda da mais alta distinção da Polícia Civil por relevantes serviços prestados.  “É muito bom ter o trabalho reconhecido e compartilhar com os demais colegas. Esse reconhecimento não pode ser visto como uma premiação individual, é preciso reconhecer que o coletivo contribuiu para que o fruto fosse colhido, portanto, compartilho com os demais colegas peritos criminais essa brilhante homenagem”, comemorou.

O delegado Norival Portela, agraciado com a ‘Medalha da Polícia Civil por Ato de Bravura’, disse que vive um momento de emoção. “Eu me sinto honrado de receber essa medalha pela dedicação de defender o cidadão, mesmo arriscando a vida. Eu sou delegado há 14 anos e vivencio uma emoção dupla porque acabei de saber que vou ser pai novamente e é uma satisfação dividir esse momento com minha mãe e minha esposa. Eu também dedico essa homenagem a todos os policiais e seus familiares que nos esperam todos os dias em casa após o trabalho”, enfatizou.

O delegado Sílvio Bardasson também comentou a importância da medalha e a alegria de fazer parte da Polícia Civil. “É importante pelo reconhecimento do nosso ato, que faz parte do nosso cotidiano, e que muitas vezes não é reconhecido. O policial não tem hora de lazer ou folga; quando estamos presentes e acontece um crime, fazemos a intervenção, é algo automático para nós, porém o mais importante é dizer à população que a polícia está sempre por perto”, destacou.

Ônibus equipado – Com um investimento de R$ 576,8 mil, o ônibus equipado vai ser utilizado no Projeto Criança  Cidadã, que é realizado na Acadepol e atende a mais de 300 crianças e adolescentes carentes, por meio de uma equipe multidisciplinar com psicólogos,  assistente social e pedagogas, com aulas de ética e cidadania, inclusão social, convivência democrática, Direitos Humanos, informática, esportes e oficinas de dança, música e teatro. Os adolescentes de 16 a 18 anos, ao invés de fazer as oficinas de música, dança e teatro, fazem um curso profissionalizante. “Por meio desse projeto, oferecemos a oportunidade para adolescentes fazerem cursos na Academia e no Senai de pintor predial, eletricista, costureira, confeiteiro e para a Polícia Civil esse é um fato extremamente importante”, disse o diretor geral da Acadepol, Severiano Pedro do Nascimento.

 

Secom

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cuité, Bananeiras e Itabaiana encerram ciclos de seminários do PB Rural

Os municípios de Cuité, Bananeiras e Itabaiana encerram, na próxima semana, os Ciclos dos Seminários de Divulgação e Informações do Programa PB Rural Sustentável. Em Cuité, o evento acontecerá no…

Opinião: a intolerância política da extrema esquerda ou direita adoece o Brasil e põe em risco o livre pensar

O extremismo político que se instalou como horda beligerante no Brasil é uma reação de puro desequilíbrio social que, em ponto de vista bem particular, beira a loucura. Hoje observamos…