Por pbagora.com.br

O Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial da Paraíba (Imeq-PB) vai realizar, na próxima semana, a primeira edição da operação especial de fiscalização “Que Beleza”. Durante a ação, que faz parte do calendário nacional do Inmetro, serão visitados estabelecimentos varejista e atacadista de produtos de beleza das principais cidades da Paraíba (Grande João Pessoa, Campina Grande, Patos, Sousa e Cajazeiras).

Segundo superintendente do Imeq-PB, Arthur Galdino, mais de dez equipes do Instituto estarão envolvidas nessa operação especial de fiscalização, em que produtos como: barbeador elétrico, chapa térmica elétrica (chapinha), depilador elétrico, ferro elétrico de enrolar cabelo, máquina elétrica de corte de cabelo, secador elétrico de cabelo e secador elétrico de mãos serão checados. “Todos devem possuir o Selo de Identificação da Conformidade e atender aos requisitos de segurança do consumidor estabelecidas pelo Inmetro”, destacou Galdino.

Operação – A operação especial “Que Beleza” terá início às 8h da próxima segunda-feira (4) e segue até às 17h da sexta-feira (8). Na Paraíba, mais de 53 estabelecimentos comerciais do ramo da beleza serão fiscalizados pelo Imeq-PB, tanto produtos nacionais quanto importados, sendo que os plugues de todos esses aparelhos deverão estar dentro do padrão brasileiro, conforme a Norma ABNT NBR 14136:2002.

Os estabelecimentos varejista e atacadista que forem notificados pelo Instituto, por suspeita de irregularidade, terá um prazo de 10 dias para apresentar as notas fiscais comprovando a origem do produto. Após esse prazo, o setor jurídico do Imeq-PB vai analisar quem deverá ser responsável por essa irregularidade (lojista/ distribuidor ou fabricante) e o responsável estará sujeito às penalidades previstas em lei, que variam de R$ 100,00 a R$ 1,5 milhão. Consumidores que identificarem possíveis irregularidades também podem apresentar denúncias por meio da Ouvidoria do Imeq-PB

PB Agora

Notícias relacionadas

Empresas de transportes coletivos são notificadas em João Pessoa

As empresas de transporte coletivo de João Pessoa têm até cinco dias, para apresentarem um plano de sanitização com protocolos de higiene para serem adotados dentro dos ônibus. A exigência…

Secretário de JP pede compreensão dos pessoenses para cumprirem decretos restritivos: “A covid-19 voltou mais dura”

O secretário de Segurança Urbana e Cidadania (Semusb) de João Pessoa, João Almeida, declarou que juntamente com as demais forças de Segurança, os agentes da secretaria encabeçada por ele estão…