A Paraíba o tempo todo  |

Idoso preso por engano, em João Pessoa, teve tratamento diferenciado

O idoso que foi preso por engano na terça-feira (19), em João Pessoa, foi solto e tenta recomeçar a visa após o trauma. De acordo com a assessoria do sistema penitenciário, o idoso teve um atendimento diferenciado na penitenciária. A Justiça ainda não explicou os motivos que levaram o idoso ficar tanto tempo preso injustamente.

A soltura foi autorizada pela Justiça da Paraíba, conforme alvará de soltura expedido pela Justiça alagoana, na tarde desta quinta-feira (21). Muito nervoso e emocionado, ao ponto de não conseguir falar, o homem saiu da carceragem da Central de Polícia Civil da capital paraibana e encontrou familiares.

Sem antecedentes criminais, Ricardo José Santos da Silva, de 64 anos, foi preso nesta terça-feira (19) por um homicídio cometido no estado de Alagoas. Entretanto, o mandado deveria ter sido expedido em nome de José Ricardo da Silva Santos, verdadeiro suspeito do crime.

A Justiça alagoana reconheceu a falha e emitiu um alvará de soltura em nome de Ricardo José Santos da Silva. Na tarde desta quinta-feira, o advogado do homem preso injustamente entrou, ainda, com um pedido de habeas corpus.

De acordo com as informações de familiares, Ricardo José Santos da Silva é hipertenso, diabético e tem depressão. Ele é, ainda, insulino-dependente e estava desde terça sem receber o medicamento. Na manhã desta quinta, Ricardo passou mal na carceragem e teve que ser socorrido. A filha do idoso aplicou a insulina e esse foi o único momento, segundo ela, que pôde estar em contato com o pai.

Redação com G1

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe