Por pbagora.com.br

O Governo do Estado vai investir mais de R$ 200 milhões no conjunto de obras de infraestrutura rodoviária programadas para 2020, entre as quais pavimentação e restauração de rodovias, construção de pontes, infraestrutura aeroviária, obras de mobilidade urbana em João Pessoa e cidades do interior, com destaque para a construção do Arco Metropolitano Leste de Campina Grande, que vai desafogar o trânsito no centro da cidade.

O Arco vai ligar as rodovias federais BR-230 e BR-104, na entrada e saída de Campina Grande, em direção ao Brejo e Curimataú do Estado, cidade que tem uma população de quase 410 mil habitantes e outros milhares nas cidades vizinhas, sendo ela o centro geográfico do Estado, polo gerador e ponto de passagem de diversas viagens nas rodovias federais e estaduais. Vale lembrar que Campina Grande é um dos principais polos industriais do Estado e tem sido considerada principal polo tecnológico da América Latina.
A obra, que começa a 3 km do centro de Campina, passando ao lado do Garden Hotel, vai até a BR-104, ao lado do Condomínio Nações Residence Privê, onde será construído um viaduto como parte do projeto.

O superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba, Carlos Pereira de Carvalho e Silva, explicou que o Arco Metropolitano será uma via extremamente útil para a melhoria do sistema de tráfego de Campina Grande. Sua implantação permitirá o desvio da circulação de caminhões do perímetro urbano, melhorando a mobilidade urbana. A obra terá 6 km de extensão e investimento de R$ 18,7 milhões. Além do viaduto, o Arco contará com uma pista de rolamento de 12 metros de largura, calçadas laterais e ciclovias.

Outras obras – No programa de obras anunciadas pelo governador João Azevêdo, estão previstas a conclusão das rodovias: PB-383 – Lastro/Divisa da Paraíba com o Rio Grande do Norte; PB-200 – Juazeirinho/Santo André e PB-087 – Pilões/Entroncamento da PB-85 (Serraria). Serão iniciadas as obras da PB-151 – Picuí/Nova Floresta, cuja ordem de serviço foi assinada na última quinta-feira; PB-100 – Queimadas/Fagundes; PB-394 – Entroncamento da BR-230/Engenheiro Ávidos e PB-099 – Lagoa Seca/Puxinanã.

O governador anunciou, também, as obras das travessias urbanas das cidades de São Mamede, Alagoa Grande, Damião, Logradouro, Barra de Santa Rosa e Sousa, a ponte das Pedrinhas, no município de Sousa e o Arco Metropolitano de Campina Grande; Contorno de Bananeiras, recuperação da PB-323 – Catolé do Rocha/Brejo do Cruz/São Bento/limite da Paraíba com o Rio Grande do Norte. Teremos também em 2020, a conclusão das três obras de mobilidade urbana de João Pessoa, na zona sul; início do Programa Estradas da Cidadania, contemplando comunidades de Pocinhos, Areia, São Francisco, Lagoa Seca, Santana dos Garrotes, Sapé, São João do Cariri e Alagoa Nova. Anunciou, ainda, a construção do novo aeroporto de Patos e implantação do balizamento noturno dos aeródromos de Monteiro, Sousa, Itaporanga e Catolé do Rocha.

PB Agora

Notícias relacionadas

Opinião: após deixar a PMJP, Luciano Cartaxo deixa a Capital como Veneza. Água pra todo lado!

Então! “Noé” chegou a João Pessoa há 8 anos. E com ele uma espécie de discípulo salvador prometendo, em alto e bom som, que os problemas de drenagem das chuvas…

Vídeo: água do mar derruba resto do calçadão no final da praia do Cabo Branco

As redes sociais bombaram neste domingo (28) com os internautas postando vídeos da grande ressaca que atingiu o litoral paraibano. Em João Pessoa, alguns dos pontos mais movimentados da orla…