Com a redução do período chuvoso, as obras de pavimentação da Perimetral Sul estão sendo intensificadas e sua conclusão deverá ocorrer no próximo mês de dezembro, informou o diretor de Operações do Departamento de Estradas de Rodagem, Armando Marinho. Trata-se de mais uma grande obra de mobilidade urbana do Governo do Estado em João Pessoa, com extensão de 12,6 km, na qual estão sendo investidos R$ 17,9 milhões, com recursos próprios.

 

A avenida começa nas proximidades da Gráfica Santa Marta, na BR-101, e prossegue pelo bairro Gervásio Maia/Colinas do Sul/Valentina de Figueiredo/Muçumagro/entroncamento da PB-008, beneficiando diretamente uma população de 300 mil habitantes da Grande João Pessoa. A expectativa para o tráfego médio diário é de 5 mil veículos.

 

Os principais serviços são complementação e melhoramento do sistema de drenagem de águas pluviais e subterrâneas, adequação do alinhamento de ruas, pavimentação asfáltica, padronização de calçadas laterais, implantação de paradas de ônibus, sinalização horizontal e iluminação ornamental. Está sendo projetada a implantação de uma ciclofaixa ao longo de toda a avenida.

 

O Governo do Estado tem dado toda atenção para a obra que vai modernizar a infraestrutura viária No Litoral Sul da Grande João Pessoa, eliminando congestionamentos de tráfego, redução dos acidentes de trânsito e o tempo de viagem, além de melhorar a qualidade de vida da população local, oferecendo conforto e segurança aos usuários da via, e ainda facilitar o fluxo de turistas que destinam para todo o Litoral Sul do Estado.

 

Para o superintendente do DER, Carlos Pereira de Carvalho e Silva, o Centro de Convenções do Estado, o Pólo Turístico e outros empreendimentos voltados para o turismo vão aumentar o fluxo de visitantes no Litoral Sul, vindo de vários Estados do Nordeste por meio da BR-101. Com a Av. Perimetral, o trânsito estará livre para quem chega e sai da cidade, além de beneficiar os cerca de 300 mil moradores da região, que terão seus imóveis valorizados e o surgimento de novos empreendimentos imobiliários que vão assegurar a expansão da cidade naquela região.

 

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MPF ainda quer providências da PMJP para solucionar impasse no Porto do Capim

Representantes da comunidade tradicional ribeirinha do Porto do Capim sentaram à mesa com representantes da Prefeitura de João Pessoa para retomarem as negociações sobre a construção do Parque Sanhauá. A…

Treze/PB é alvo de fake news sobre parceria milionária com a Red Bull

É falsa a informação de que o Treze Futebol Clube da Paraíba teria fechado uma parceria com o Red Bull, no valor de R$ 45 milhões. A informação foi divulgada…