Em reunião neste domingo (29), o Governo do Estado e os médicos da Neurovasc firmaram acordo e decidiram retomar imediatamente as atividades no Hospital de Trauma de João Pessoa. A solução aconteceu  após o impasse que começou ontem (28) com o fim do contrato da Saúde com a Os Acqua, que gerenciava a unidade hospitalar.

O governador João Azevêdo encerrou os contratos com as Organizações Sociais após as denúncias da Operação Calvário.

Os médicos alegavam que estavam com pagamentos atrasados. O Governo do Estado disse que fez o repasse de recursos à OS Acqua e a empresa alegou que faltava uma transferência de quase R$ 8 milhões.

Na reunião ficou acordado que a Secretaria de Saúde assume a contratação dos serviços prestados pela Neurovasc, mantendo os mesmos serviços e valores, nos moldes dos contratos com o instituto Acqua. Também reconhece que a cooperativa não recebeu os valores referentes aos meses novembro e dezembro e se compromete a fazer a quitação desse débito. Em contrapartida, a Neurovasc se compromete a restabelecer as atividades neste domingo, até às 13h30.

secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, chegou a operar no Hospital de Trauma neste domingo.

Agora, com o acordo fica normalizado o atendimento.

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Câmara Municipal de Bayeux vota contra cassação do prefeito Berg Lima, na PB

Em uma sessão que durou mais de treze horas e só terminou na madrugada, a Câmara Municipal de Bayeux, na Grande João Pessoa, decidiu pelo não cassação do prefeito Berg…

Inmet prevê chuvas intensas para 69 cidades da Paraíba nesta sexta

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) renovou o alerta amarelo de perigo potencial de chuvas intensas para 69 cidades do Sertão do estado da Paraíba. O aviso foi emitido às…