As comportas da Barragem de Acauã serão abertas nesta quinta-feira (5) a partir das 8 horas. Foi o que ficou decidido numa reunião realizada na tarde desta terça-feira (3) na sede da AESA – Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba. A abertura será acompanhada por representantes da Defesa Civil Estadual, AESA e Cagepa.

Segundo o coronel Sinval Pinheiro Borges, gerente executivo da Defesa Civil estadual, a abertura das comportas visa à contenção de cheias do Baixo Paraíba, que abrange os municípios de Salgado de São Félix, Itabaiana, Pilar, São Miguel de Taipú, Cruz do Espírito Santo, Santa Rita, Bayeux e João Pessoa, esperada para a estação chuvosa desse ano.

Na mesma reunião também ficou decidida a interdição da Ponte da Batalhão a partir desta quarta-feira, quando estará proibido o tráfego de qualquer tipo de veículo, com exceção de bicicletas. Durante a Caravana da Reconstrução, inclusive, o governador José Maranhão chegou a visitar a Ponte da Batalha, que faz a ligação de Santa Rita com Cruz do Espírito do Santo e outros municípios do Brejo paraibano.

Na reunião que contou com a participação de representantes da AESA, DER, Defesa Civil estadual, Cagepa, Secretaria Estadual de Infra Estrutura e Jatobeton – empresa responsável pela execução das fundações da Ponte da Batalha – foi elaborado um comunicado alertando às populações dos municípios do Baixo Paraíba.

Cada órgão participante da reunião terá uma missão. A AESA ficará responsável pela abertura das comportas e fiscalização permanente; o DER pelo controle do trânsito nas rodovias de sua competência, por onde passará as águas advindas de Acauã.

A Cagepa permanecerá em estado de alerta nos seus sistemas de captação de água; a Defesa Civil estadual estará alerta em relação a segurança da população, como medida de prevenção. Também vai alertar a população ribeirinha quanto ao risco de inundação à jusante da Barragem de Acauã, além da articulação junto às Coordenadorias de Defesa dos Municípios banhados pelo Rio Paraíba.

O engenheiro Evelásio Medeiros, da Secretaria de Infra Estrutura, informou que as obras em execução e referentes ao sistema adutor de Acauã não serão afetadas em suas estruturas.
 

 

SECOM

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Paraibano lança curso ensinando fazer robôs em plataforma internacional

Todos nós conseguimos perceber mudanças cada vez mais velozes no mundo. Em menos de uma década, passamos dos computadores de mesa e ambientes conectados apenas através de cabos para uma…