O Governo do Estado concluiu a entrega de 335 toneladas de sementes de feijão, milho e sorgo, por meio do Programa Estadual de Distribuição de Sementes Certificadas – Safra 2020, iniciada para 32.870 pequenas e médias famílias que atuam na agricultura. Foram utilizados recursos de R$ 3,9 milhões do Tesouro Estadual, oriundos do Fundo de Erradicação e Combate à Pobreza (Funcep) para a aquisição dos produtos.

O Programa Estadual de Sementes Certificadas atende aos municípios paraibanos, obedecendo ao período de plantio de cada região, de acordo com o zoneamento agroclimático publicado por portaria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

O secretário de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), Efraim Morais, ressaltou a importância das sementes para o fortalecimento da agricultura familiar. Lembrou, na ocasião do lançamento do programa pelo governador João Azevêdo, em janeiro deste ano, que o objetivo do Programa Estadual de Distribuição de Sementes é garantir uma maior safra. “Para isso, esse projeto tem investimentos em torno dos quatro milhões de reais, abrangendo todo o estado”, comentou.

O coordenador do programa, Rubens Tadeu, ressaltou que as sementes têm elevado potencial genético, com cultivares de subsistência e produção de forragens, oferecendo maior resistência contra plantas daninhas, doença e pragas do solo, entre outros benefícios. São 150 toneladas de milho, 145 toneladas de sementes de feijão e 40 de sorgo distribuídas por meio dos escritórios da Empaer.

Pelas regionais – Na semana passada as gerências regionais da Empaer concluíram a entrega de sementes, conforme o calendário, em todos os lugares recebendo apoio das prefeituras e de sindicatos e associações rurais. Neste período de pendemia foram seguidas as recomendações das autoridades de saúde para evitar a contaminação pelo coronavírus.

Na gerência regional de Areia, começando por Esperança, os agricultores receberam sua porção de sementes e também kits de enfrentamento da Covid-19.

A equipe da Empaer local, composta pelo gerente Gilvan Salvino e dos técnicos João Paulo da Silva Macêdo, Pedro Cardoso, Romero Bento, Alice Cesária, Justino Vieira, Vamberto Araújo e George Washington, com a supervisão do gerente regional Marcílio Mauricio, fez a distribuição das sementes em tempo hábil, contando, ainda com a colaboração do vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, João Paulo Diniz Brito.

Em Esperança foram distribuídas 2,5 toneladas de feijão e 1 tonelada de milho entre as 35 associações comunitárias rurais no município, atendendo a 625 famílias agricultoras, das quais 507 inscritas no Programa Garantia Safra. Cada família recebeu 5,5 kg de sementes. Em Montadas também foi concluída a entrega das sementes.

As medidas tomadas foram pensando na melhor logística e segurança sanitária de toda a população. Para receber as sementes de feijão e milho, o agricultor teria que se identificar como inscrito no Programa Garantia Safra 2019/2020.

Os presidentes das associações rurais também recebem kits de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) contendo máscaras, luvas, toucas e álcool 70% para higienização, como também eram orientados pela Vigilância Sanitária sobre os procedimentos e cuidados que deverão ser tomados no momento da entrega aos agricultores.

Na região de Campina Grande, onde foi concluída a distribuição de sementes, o gerente regional Ailton Santos informou que foram atendidos 22 municípios com 33 toneladas de milho, feijão e sorgo, beneficiando 6.480 famílias. Já em Itaporanga, foram distribuídos 26.500 quilos de sementes em 19 municípios, beneficiando 2.400 produtores rurais, com uma média de 10 quilos por agricultor, também beneficiados com uma cota de sorgo.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Duas agências da Caixa são notificadas durante fiscalização em JP

Com o objetivo de verificar o cumprimento das medidas de distanciamento e higiene previstas nos decretos municipais e estaduais em razão da pandemia da Covid-19, o Serviço de Proteção e…

Mulher cede à negociação após 12h e entrega arma à polícia, em JP

Uma mulher, que após uma discussão com o marido que é policial rodoviário federal, tomou a arma do companheiro e se trancou em um quarto de um flat na orla…