O Governo do Estado deve aumentar o duodécimo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) em R$ 8 milhões no orçamento do próximo ano. A informação é do secretário de Planejamento do Estado, Gilmar Martins, que participou nesta quinta-feira (07) de uma sessão conjunta da Assembleia Legislativa e da Câmara de Vereadores de Campina Grande, para discutir a Lei Orçamentária Anual (LOA) estadual.

Para este ano os recursos repassados à universidade, inicialmente previstos em R$ 292 milhões, devem atingir o patamar de R$ 299 milhões. Mas ainda é pouco. Para se ter uma ideia, as estimativas são de que em 2018 a UEPB deveria receber R$ 317 milhões. “O governador esse ano já autorizou aumentar o duodécimo da UEPB, do que tinha sido inicialmente orçado. Para o ano o orçamento contempla R$ 300 milhões”, comentou o secretário.

Um estudo do Dieese, encomendado pela Associação dos Docentes da instituição (ADUEPB), mostra que a universidade tem acumulado perdas de aproximadamente R$ 500 milhões nos últimos dez anos. “Muitas demandas do Estado podem ser atendidas pela universidade. O recurso não precisa chegar na UEPB somente via duodécimo. Podemos realizar capacitações e outras ações em parcerias”, assinalou Gilmar Martins. As informações são do Blog Pleno Poder.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Segue estável paciente com suspeita de Coronavírus na Paraíba, diz boletim

Segue estável o estado de saúde do o paciente de 59 anos que está internado no Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa, na Paraíba, com suspeita de infecção pelo coronavírus.…

PSOL critica vereadora por tentar polemizar religião e carnaval

Em texto publicado em suas redes sociais, o presidente estadual do PSOL da Paraíba, Tárcio Teixeira, criticou o que classificou de oportunismo eleitoral, adotado pela vereadora de João Pessoa, Eliza…