O Governo do Estado deve aumentar o duodécimo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) em R$ 8 milhões no orçamento do próximo ano. A informação é do secretário de Planejamento do Estado, Gilmar Martins, que participou nesta quinta-feira (07) de uma sessão conjunta da Assembleia Legislativa e da Câmara de Vereadores de Campina Grande, para discutir a Lei Orçamentária Anual (LOA) estadual.

Para este ano os recursos repassados à universidade, inicialmente previstos em R$ 292 milhões, devem atingir o patamar de R$ 299 milhões. Mas ainda é pouco. Para se ter uma ideia, as estimativas são de que em 2018 a UEPB deveria receber R$ 317 milhões. “O governador esse ano já autorizou aumentar o duodécimo da UEPB, do que tinha sido inicialmente orçado. Para o ano o orçamento contempla R$ 300 milhões”, comentou o secretário.

Um estudo do Dieese, encomendado pela Associação dos Docentes da instituição (ADUEPB), mostra que a universidade tem acumulado perdas de aproximadamente R$ 500 milhões nos últimos dez anos. “Muitas demandas do Estado podem ser atendidas pela universidade. O recurso não precisa chegar na UEPB somente via duodécimo. Podemos realizar capacitações e outras ações em parcerias”, assinalou Gilmar Martins. As informações são do Blog Pleno Poder.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Águas da transposição chegam a Monteiro, no Cariri da PB

Após meses de espera, as águas da transposição do Rio São Francisco chegaram na Paraíba na noite da terça-feira (19). A informação foi confirmada pelo presidente da Agência Executiva de…

Prefeito de Mogeiro pode ser cassado por crimes contra os cofres públicos

Durante a sessão ordinária desta sexta-feira, dia 22, com oito votos favoráveis, a Câmara de Municipal de Mogeiro aceitou uma denúncia formulada pela cidadã e ex-vereadora, Maria da Penha, protocolada…