O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), recebeu, na tarde de ontem, quinta-feira (04), pela primeira vez, neste mandato, a direção do Sindicato dos Trabalhadores Técnicos Administrativos da Universidade Estadual da Paraíba, que reclamam, desde 2015, da ausência de reajuste salarial e, de 2018 até agora, do congelamento das progressões, previstas no Plano de Cargos e Carreira da Categoria.

Durante o encontro, o presidente do sindicato, Fernando Borges fez um histórico da situação dos servidores e apelou para que a gestão viabilizasse melhorias para os técnicos, visto que várias outras categorias estão sendo agraciadas com progressões e planos de carreira, enquanto os servidores da instituição padecem.

João Azevêdo, conforme o Sindicato, explicou das dificuldades financeiras por que passa o Estado, todavia se dispor a avaliar a pauta da categoria. Só após a análise da situação é que será possível analisar a possibilidade de melhorias.

Para Fernando Borges, o SINTESPB avaliou como positivo esse primeiro momento e abertura do diálogo com o governo, possível graças a intervenção da deputada estadual Cida Ramos (PSB).

Redação com Assessoria Sintesp/PB

Total
2
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João discute ensino do mandarim e cooperações econômicas com cônsules chineses

O governador João Azevêdo se reuniu, nesta quarta-feira (11), em Recife, Capital de Pernambuco, com a cônsul-geral da China em Recife, Yan Yuqing, oportunidade em que discutiram parcerias voltadas para…

Romero anuncia auditor federal como novo Controlador Geral do Município

Ricardo Wagner Barros de Oliveira teve nome liberado pelo ministro-chefe da CGU, Wagner Rosário, após audiência concedida ao prefeito de Campina Grande De Brasília, onde cumpre agenda administrativa desde a…