Por pbagora.com.br

O secretário de Saúde da Paraíba, Dr. Geraldo Medeiros, comentou as falas do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que afirmou ter solicitado ao ministro da Saúde, o paraibano Marcelo Queiroga, um parecer desobrigando o uso de máscaras para vacinados e pessoas que já contraíram a covid-19.

Medeiros refutou a segurança das duas possibilidades. Sobre a desobrigação para vacinados, ele afirmou que isso só seria possível em um cenário no qual cerca de 75% da população estivesse vacinada com a as duas doses.

“Essa atitude de tirar as máscaras só pode quando a doença adquirir caráter endêmico, de poucos casos durante o ano, que é o que ocorrerá com o novo coronavírus após a contenção da pandemia e conseguirmos a imunidade coletiva com a população em, pelo menos, 75%”, apontou.

Sobre o não uso da EPI em pessoas que já tiveram a doença, o secretário afirmou que mesmo após a recuperação, as pessoas ainda podem transmitir o vírus.

“Mesmo após adoecer as pessoas podem manter o vírus nas vias respiratórias, nariz e boca, e podem contaminar outras pessoas, por isso a importância do uso da máscara”, rebateu.

 

Da Redação

Notícias relacionadas

Casamento Coletivo une 20 casais de CG neste sábado

A Prefeitura Municipal de Campina Grande, por meio da Secretaria de Cultura, realiza hoje, sábado, 12, a partir das 19h, o Casamento Coletivo 2021 – “Edição Superação”. Neste ano, devido…

Conde mantém testagem e vacinação contra a Covid no final de semana

A prefeitura de Conde, através da Secretaria de Saúde, mantém a testagem e vacinação e contra a Covid-19 neste final de semana dos trabalhadores da Educação e da Saúde. Também…