Por pbagora.com.br

Uma pedra no assunto. É assim que o presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB) irá se posicionar, a partir de agora sobre os desdobramentos que envolvem a polêmica Reforma na sede da Assembleia Legislativa da Paraíba, na gestão Gervásio Maia (PSB) e que provocou uma guerra de notas essa semana.

Galdino disse que quem tem propriedade para falar sobre o tema são os outros 35 parlamentares e também os funcionários da Casa e acrescentou que ele não mais tratará do tema – A Reforma e suas consequências.

“Quem quiser conversar sobre reforma da Assembleia que procure os outros 35 deputados que aqui estão. Eles vão falar sobre a reforma e suas consequências. Se os senhores quiserem também falar sobre o mesmo tema, que procurem falar com os funcionários que eles têm propriedade para falar sobre o tema – A reforma e suas consequências. Eu peço a permissão e a compreensão também para não mais falar nesse tema e peço que não me provoquem nesse sentido porque eu não quero mais voltar a esse tema. A reforma e suas consequências, com as palavras deputados e funcionários. Adriano Galdino já falou o que tinha para falar. Estou fora dessa conversa, desse debate”, arrematou.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vai faltar água em cinco localidades de JP nesta quarta, diz Cagepa

Manutenção da Energisa interrompe abastecimento d’água em cinco localidades de João Pessoa A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) vai interromper, a pedido da Energisa, o abastecimento de…

Covid-19: Ouro Velho é o único município da PB sem registro da doença

O novo coronavírus fez vítimas em 222 dos 223 municípios paraibanos. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde (SES). A única cidade que ainda não registrou casos da…