Por pbagora.com.br

Na próxima terça-feira (27) os funcionários da Caixa Econômica Federal paralisarão as atividades por 24h nas Agências da Paraíba. A decisão foi aprovada por 81,62% dos representantes da categoria na última quinta-feira (22) durante assembleia virtual.

A mobilização tem como objetivo denunciar a venda de fatias do banco 100% público e o cenário caótico pelo qual vem passando os empregados. O estado de greve e a paralisação também foram deflagrados para cobrar melhores condições de trabalho e de atendimento à população, por meio de mais contratações, proteção contra a Covid-19 e vacinação prioritária para os empregados do banco.

O protesto acontece também por conta do Caixa Seguridade, que virou o  mais novo alvo do governo Bolsonaro e do ministro Paulo Guedes. O programa terá seu capital aberto na próxima quinta-feira (29) e os recursos obtidos com a venda serão devolvidos ao Tesouro Nacional, por meio dos Instrumentos Híbridos de Capital e Dívida (IHCDs).

De acordo com a coordenadora da Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa, Fabiana Uehara Proscholdt, as duas operações, somadas, podem acabar com a Caixa, uma vez que promoverá a descapitalização do banco e tirará uma das suas grandes fontes de receita.

 

Redação

Notícias relacionadas

Avião com Juliette arremete duas vezes e paraibana relata susto

A paraibana, campeã do BBB 21, Juliette Freire, contou através da rede social Twitter que passou por um susto durante um voo de avião nesta segunda-feira (17) do Rio de…

PMCG promove live de combate à exploração sexual de menores

Nesta terça-feira, 18 de maio, data em que é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a Prefeitura de Campina Grande,…