A Paraíba o tempo todo  |

Fornecedora hospitalar é acusada de vender produtos superfaturados para Cabedelo e Bayeux

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) investiga uma denúncia de que a empresa Nordeste Hospitalar Ltda, responsável pela venda de materiais e equipamentos hospitalares, estaria “superfaturando preços e enviando apenas as notas fiscais aos municípios de Cabedelo e Bayeux”.

Quem está à frente da investigação é o promotor Ronaldo José Guerra, da Promotoria de Justiça Cumulativa de Cabedelo. Ele abriu o procedimento de inquérito após denúncia feita à Ouvidoria do MPPB. De acordo com ele, os fatos descritos, se comprovados, podem constituir em ato de improbidade administrativa.

Ele oficiou a Procuradoria-Geral de Cabedelo para, no prazo de 10 dias, se manifestar acerca da denúncia feita.

Confira o documento:

Da Redação

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe