Mesmo se posicionando como favorável às prisões em 2ª instância, o deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) saiu em defesa da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que decidiu, por 6 votos contra 5, que os condenados podem recorrer em liberdade até o trânsito em julgado de sentença condenatória.

“Sou a favor da prisão em segunda instância, mas precisamos respeitar a decisão do Supremo. É fato que o resultado da votação exacerba o clima de instabilidade no país (…) Por isso, defendo que o Congresso Nacional, com tranquilidade, estabeleça uma legislação clara sobre a prisão em segunda instância por meio de projeto de lei que seja amplamente debatido”.

E arrematou: “Além disso, devemos definir limites para que a decisão do STF não resulte em prescrição de crimes nos casos de recursos à Corte Suprema”.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em Campina Grande: filho de policial é preso com veículo roubado

Um jovem, de 28 anos, que se identificou como filho de um policial militar, foi preso na noite de ontem, quarta-feira (04), após ser abordado durante uma blitz da Polícia…

Lei obriga bares e restaurantes a auxiliar mulheres em situação de risco

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, promulgou a Lei 11.536, de sua autoria, que obriga os bares, restaurantes, estabelecimento noturno, entre outros, a adotarem medidas de…