A Farmácia Básica do Município tem aumentado a entrega de medicamentos à população de Patos em 340% no período de março a agosto deste ano. Os dados são resultados de um relatório descritivo da Farmácia Básica disponibilizado no mês de setembro o que conclui que a assistência de medicamentos tem aumentado gradativamente no município.

Os dados concluíram que em março deste ano houve entrega de 1.277 medicamentos, e no mês de agosto, chegou à casa de 5.619, um aumento considerável na dispensação de medicamentos que prova que a assistência aos munícipes tem sido cada vez maior.

A gerente de Laboratório e Farmácia do Município, Germana Leitão, ressaltou que o aumento da entrega de medicamentos na Farmácia Básica se deu devido o fechamento da Farmácia Popular. “Com o fechamento da Farmácia Popular, o governo de Dinaldinho Wanderley se preocupou em não deixar a população de Patos desassistida e o prefeito puxou a responsabilidade para ele. Então, esses usuários estão sendo atendidos”, disse.

A gerente ainda falou sobre o cuidado que a gestão tem tido em cumprir com qualidade as demandas na saúde. “A farmácia vem cumprindo com excelência seu papel onde está inserida, não somente na entrega da medicação, mais também atuando ativamente como uma gestora dos recursos, medicações e insumos que a ela são confiados. Atuamos também compromissados em fornecer informações técnicas sobre as medicações orientando e tirando duvidas dos usuários que demandam do serviço”, disse.

A outra novidade no atendimento é que a população agora tem acesso, na farmácia básica, a um profissional farmacêutico para dar assistência plena, orientando e tirando todas as dúvidas dos usuários sobre o uso adequado de medicamentos durante todo o período de expediente do local.

De acordo com o relatório, o consumo de medicações vem tendo aumento progressivo e significativo no município devido, principalmente, à chegada de medicações que, no início do ano, encontravam-se praticamente zerados, e com a chegada dos pedidos e sua vinculação nas redes sociais a população se dirigiu à Farmácia sendo atendida nas suas necessidades. Outro fator apontado no relatório foi o fato de a Farmácia Básica atender toda a demanda de Patos e seus serviços, tais como Pronto Atendimento Maria Marques, SAMU, UPA, e as 41 unidades de Saúde do município, que são abastecidas com medições dos programas do Governo Federal (PMAQ/AMAQ).

“Em relação à falta de alguns medicamentos, o que acontece, muitas vezes, é que nós temos um problema com os fornecedores e isso acontece em todas as farmácias tanto públicas quanto particulares. Muitas vezes pela falta de matéria prima para a fabricação daquele determinado medicamento, mas estamos atentos e utilizando de um sistema informatizado para manter o controle de estoque”, explicou a gerente.

Os usuários do SUS que precisarem ter acesso a medicamentos, devem se dirigir à Farmácia Básica, de posse da receita encaminhada por Unidade Básica de Saúde do município, e com a apresentação do documento de identificação com foto e um comprovante de residência atual.

A Farmácia Básica funciona na Rua Rui Barbosa, Nº 434, Centro de Patos, de segunda a sexta, das 7h às 11h e das 13 às 17h.

 



Redação com Assessoria

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Amigos e políticos lamentam morte da jornalista Lena Guimarães

Políticos e amigos de Lena Guimarães lamentaram a morte da jornalista, ocorrida nesta segunda-feira (18), em João Pessoa. Lena estava internada em um hospital particular e foi vítima de falência…

Previdência: aposentado corre risco de ter que voltar ao trabalho

Emenda Constitucional nº 103, que altera as regras de aposentadoria, foi promulgada no último dia 12, no Senado Federal. A medida, que muda o cálculo do benefício e a idade mínima, traz…