A Polícia Federal prende o banqueiro Eduardo Plass em nova etapa da Operação Hashtag, desbodramento da Lava Jato no Rio de Janeiro.

A decisão expedida pela 4ª Vara Federal nesta quarta-feira, 24, confirmou os alvos dos mandados de prisão na prefeitura de Campina Grande em um desdobramento da Operação Famintos, que teve como objetivo desarticular uma quadrilha que fraudava licitações na merenda escolar na cidade.

No texto, o nome da secretária de Educação, Iolanda Barbosa está inserido entre os alvos que devem ter a prisão temporária decretada.

CONFIRA.

0801806-32.2019.4.05.8201 – PEDIDO DE PRISÃO TEMPORÁRIA (2)

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PMJP tem 120 dias para justificar excesso de contratações temporárias, diz TCE

As contas da Prefeitura Municipal de João Pessoa, relativas ao exercício de 2014, foram aprovadas, à maioria, pelo Tribunal de Contas do Estado, em sessão ordinária na manhã desta quarta-feira…

Cortes do CNPq atingem programas de iniciação científica e tecnológica da UFCG

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) cortou 234 bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica (IC&T) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). O anúncio foi feito na…