A Polícia Federal prende o banqueiro Eduardo Plass em nova etapa da Operação Hashtag, desbodramento da Lava Jato no Rio de Janeiro.

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (30) a Operação Rastro que visa investigar desvios de dinheiro público na Paraíba e apesar de correr em sigilo, alguns nomes começam a ser ventilados como possíveis alvos da investigação.

Uma ex-secretária da cidade de Alcantil, no Cariri paraibano possivelmente estaria entre os investigados de acordo com as informações que começam a circular na região após mandado de busca e apreensão realizado na cidade de Boqueirão onde ela reside.

A operação corre em segredo de Justiça e a Polícia Federal informou que não vai conceder entrevista à imprensa.

PB Agora

Total
3
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Nesta 5ª: ALPB realiza principal audiência para debater LOA 2020

A Comissão de Orçamento, Fiscalização Tributária e Transparência da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), sob a presidência do deputado estadual Wilson Filho (PTB), realiza nesta quinta-feira (14) Audiência Pública em…

Em CG, alunos são internados vítimas de envenenamento

Três estudantes de uma escola estadual de Campina Grande deram entrada no Hospital de Trauma da cidade vítimas de envenenamento na tarde desta quinta-feira (14), onde seguem internadas. De acordo…