Por pbagora.com.br

Escolha a modalidade da sua prova: versão digital ou impressa

 

A partir de hoje (11), estudantes podem se candidatar ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 através do site oficial da prova. As inscrições vão até o dia 22 de maio e os interessados podem optar se querem fazer a prova impressa ou digital. Lembrando que, após concluir o processo de inscrição, não há possibilidade de alterar a modalidade escolhida.

Além da versão digital do exame, este ano o Enem apresenta outra novidade, que é a inclusão de uma foto atual do participante no sistema de inscrição. A imagem vai ser utilizada para auxiliar na identificação durante a aplicação da prova. 

A aplicação das provas do Enem 2020 está prevista para os dias 1º e 8 de novembro para avaliação tradicional e nos dias 22 e 29 de novembro para modalidade digital. A estrutura das duas provas será a mesma. O Enem é constituído de quatro provas objetivas, com 45 questões em cada uma e uma redação em língua portuguesa. No momento da inscrição, o participante deve escolher uma opção de língua estrangeira, que pode ser inglês ou espanhol.

 

Isenção do Enem 2020

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), todos os estudantes que se enquadrarem nos critérios incluídos nos editais publicados, mesmo sem ter conseguido fazer o pedido de isenção durante o período estipulado, terão a gratuidade garantida. O regulamento é válido para os alunos que optarem para as duas modalidades do exame, inclusive, para os isentos em 2019 que faltaram os dois dias de prova e não conseguiram justificar ausência. 

Os estudantes que não conseguiram obter isenção da taxa de inscrição, porque não se enquadram nos critérios que garantem a gratuidade, têm até o dia 28 de maio para pagar o valor da taxa de inscrição que é de R$ 85.

 

Sendo assim, para o Enem 2020, estarão isentos os candidatos que:

  • Estão cursando a última série do ensino médio este ano, independentemente da modalidade de ensino, em escola da rede pública declarada ao Censo da Educação Básica;
  • Tenham feito todo o ensino médio em escolas da rede pública ou como bolsistas integrais na rede privada, e tenham renda per capita familiar igual ou inferior a um salário mínimo e meio; 
  • Declaram estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, porque fazem parte de família de baixa renda e estão inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Todas as informações a respeito do Exame, consulta sobre os resultados de pedidos de recurso para taxa de inscrição e outras questões, estão disponíveis no site do Enem, na Página do Participante ou no aplicativo.

 

Acessibilidade

O Inep tem uma Política de Acessibilidade e Inclusão que fornece atendimento especializado aos participantes que precisarem. Com o objetivo de ajudar quem necessita de assistência específica, a exemplo de idosos, estudantes que estão em classe hospitalar, gestantes e lactantes, foi inserida uma área para atendimento “especializado”. As solicitações para esse grupo também devem ser feitas entre 11 e 22 de maio. Os resultados estarão disponíveis no dia 29 deste mês, e os estudantes que tiverem seus pedidos negados podem apresentar recurso. O resultado final ficará disponível do dia 10 de junho.

Os candidatos que desejam receber tratamento por nome social poderão fazer os pedidos entre 25 e 29 de maio. A previsão de divulgação dos resultados está prevista para 5 de junho. A decisão também cabe recurso, que será entre 8 e 12 de junho. A determinação final será disponibilizada no dia 18 de junho.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Fundac altera cronograma do concurso para contratação de 400 agentes

O concurso público para o preenchimento de 400 vagas de agentes socioeducativos da Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac) foi retomado em agosto e…

Pombal é condenada a indenizar pais de menor que morreu ao cair de ônibus escolar

Durante audiência de conciliação, instrução e julgamento, realizada de forma semipresencial, o juiz Luiz Gonzaga Pereira de Melo Filho, da 1ª Vara Mista de Pombal, proferiu sentença, condenando o Município…